RSS
 

Arquivo para a ‘Propaganda na Web’ Categoria

Curiosities the IFA 2013th

11 Sep

The fair that ends this end of week in Berlin, the IFA 2013 presented several novelties, one of them is noteSamsunga camera Sony Cyber​​-shot QX10 or QX100 whose lenses-camera, that can be used connected to smartphones with iOS or Android via Wi-Fi.

Another novelty of Samsung was the Galaxy Note 3, the size went from 5,5 to 5.7 inches, but when using the device during few seconds can-if notice the difference in image quality given pel the native resolution of 1920×1080 pixels.

The Samsung reinvented the way the pen S Pen acts in daily use transforming it into a phablet, that gives ability to provide quick access to functions most useful of the appliance in the system christened as Air Command.

Num radial menu there are five customization options: Action Memo, Scrapbook, Screen Capture, S Finder and Pen Window

Action memo is a notepad, Scrapbook is a system that makes a kind screen capture, a little different than Screen Capture, S Finder enables that you ache easily the contents present in the handset and Pen Window: simply draw a rectangle and arises the menú of the appliance.

 

Forum of Free Software speak about manifestations

05 Jul

The 14th edition of the International Free Software Forum (FISL) that began on TuesdayFISL-14 (3/7) in Porto Alegre (RS-Brasil) also made references of manifestations of the streets in Brasil.

Already in the opening FISL coordinator Ricardo Fritsch, used the slogan of the demonstrations used the phrase “it is not for 20 cents” and completed it with “but by free software.”
Although it seems small compared to even thinking about the heavy use that was made of social networks, one of Marco Manzoni initial speeches said: “Social networks discuss these problems for a long time. We are now hearing because there was the role of people into the streets, “but in many networks have been circulating information in a transparent manner.

The forum is held at the Convention Center at PUC / RS (Porto Alegre), with more than 500 activities including courses, workshops, lectures and debates and ends Saturday (6/7).

 

Sony launches campaign for Brasil Confederations Cup

21 May

It has become common place on football fields have a white SonyCopashirt under the team´s shirt with a soundbite, Sony proposes that each launched a special model of the Xperia that works under water, your customers bolem a sentence like if it was a player and you write two sentences will win a ticket to the final.
To compete you must access this link and fill in the data, registrations will be accepted until May 3.

The results will be announced on May 6 on the Sony Mobile fanpage on Facebook.

The waterproof model called Xperia ZR can reach up to 1.5 meters and the machine takes pictures with his camera of 13 megapixels Magnus Malmberg.

The smartphone launched in Tokyo on the last Monday of water can be under 30 minutes, and you can get underwater photos of good resolution, since the device uses technology HDR (High Dynamic Range) that improves the quality of videos and photos .

 

Jornalismo investigativo e crowdsourcing

06 May

Algumas pessoas me interpelam sobre o que defino como enfoque jornalístico, que é especial para novas mídias mas não exclusivo, noutros continentes há uma definição parecida que é o “jornalismo investigativo”, Paul Lewis tem falado e fez até um TED sobre o tema, Paul Bradshaw tem um livro a respeito, mas o termos tem uma origem clara.

DeBurgh em 2007, definiu o jornalismo investigativo como “distinto do trabalho que é aparentemente semelhante ( o de descobrir na verdade e identificar falhas dela) que é feito por policiais, advogados e auditores e órgãos reguladores, [que é feito] no sentido de que não se limite a meta, não seja legalmente fundado [no que é geralmente feito] ganha dinheiro para com os editores de mídia.

Vejo que a definição de DeBurg é satisfatória para aquilo que é buscado no jornalismo com as novas mídias:

“O termo é notoriamente [o de jornalismo] de problemáticas e contestações: alguns argumentam que todo o jornalismo é investigativo, ou que a recente popularidade do termo indica o fracasso do jornalismo ‘normal’ para manter os padrões de investigação. Esta contestação é um sintoma dos diversos fatores subjacentes ao crescimento do gênero, que vão desde jornalistas de ‘próprio sentido de um papel democrático, a ambição profissional e editores com ‘objetivos comerciais e de marketing’ ”.

A tecnologia com uso de computadores começa a desempenhar um papel cada vez mais importante na impressão de jornalismo de investigação, exemplos dados são: A investigação de Stephen Grey no programa ´rendição extraordinária” da CIA (Grey, 2006) foi facilitada pelo uso de softwares como o de análises de Notebooks, o que lhe permitiu analisar grandes quantidades de dados enviados e identificar fluxos, como no caso das eleições do Irã, onde um email foi interceptado ou nos ‘warlogs “do Iraque e do Afeganistão, com análise de centenas de milhares de telegramas diplomáticos, no qual Assange foi ajudado por muitas pessoas.

Há um “crowdsourcing investigativo” como parece indicar Paul Lewis em seus talks, a multidão tem interesse na verdade.

 

Dia 8 de março e duas atividades

08 Mar

Em 8 de março de 1857, tecelãs de Nova York realizaram uma marcha por melhores condições de trabalho, diminuição da carga horária e igualdade de direitos.

Na época, a jornada de trabalho feminino chegava a 16 horas diárias, com salários até 60% menores que os dos homens.

Há duas versões uma que as manifestantes teriam sido trancadas na fábrica pelos patrões, que atearam fogo no local, matando cerca de 130 mulheres, outra é que a interrupção da passeata pela polícia, que dispersou a multidão com violência.

A versão do incêndio é, provavelmente, uma referência a outra tragédia da fábrica Triangle Shirtwaist Company, em 25 de março de 1911, onde o fogo matou mais de 150 mulheres, com idades entre 13 e 25 anos, na maioria imigrantes italianas e judias.

Entre as atividades do dia destaco a exposição já iniciada de Claudia Firmino, no Espaço Cultural V Centenário, na assembleia legislativa do Estado de São Paulo, com 26 telas desenvolvidas durante sete anos que homenageiam mulheres fortes de 23 culturas diferentes, entre elas mulher africana, árabe, argentina, boliviana, chilena, colombiana, cubana, espanhola, francesa, mexicana, palestina, russa, entre outras.

O local da exposição é Av. Pedro Álvares Cabral, 201 – Ibirapuera – São Paulo – SP.

Outra que destaco é uma celebração em homenagem a Ginetta Calliari, falecida justamente neste dia em 2003, e cujo processo de canonização será finalizado nesta data, Ginetta dedicou-se aos pobres e a unidades entre os povos, religiões e culturais, tinha como lema de vida: “Aquele que crer em mim, ainda que morra, viverá” que é João, capítulo 11 e versículo 25. A celebração acontecerá as 20 hs na Catedral de Osasco.

 

Petição para impedir Renan chega a meio milhão

02 Feb

Lançada no site do Avaaz, a petição pedindo um presidente ficha-limpa para o Senado chegou a quase meio milhão de assinaturas no dia de ontem, mas a iniciativa é da Comunidade Rio de Paz.

A petição diz explicitamente: “Esperamos que os senadores do bem se posicionem como porta-vozes do povo e protestem por um presidente ficha limpa. Vamos acompanhar de perto e, caso contrário, no minuto seguinte expressaremos nosso luto cobrindo a esplanada de preto. O Senado não pode ser surdo a esta justa reivindicação do povo, com uma petição que já foi assinada por 220 mil brasileiros” (este era o número já na manhã de quinta-feira: 01/02).

A petição teve o apoio das instituições: apoio de organizações de diversos estados:

Rio de Paz; Movimento 31 de Julho; Instituto de Fiscalização e Controle (IFC); Nas Ruas; A Voz do Cidadão; Congresso em Foco; Queremos Ética na Política; Revoltados On Line; Renovadores UDF; OCC Alerta Brasil; Ong Moral; Associação Diamantina Viva; Juventude Consciente; Erga Omnes; Comitê Ficha Limpa DF; Instituto Soma Brasil; Instituto Atuação; Amarribo; Associação Contas Abertas; Oficina da Cidadania; Instituto Brasil Verdade; BH Contra a Corrupção; e Rede Abracci.

O incoerente senador Suplicy pediu que Renan renuncie mas vota nele, já o oportunista Aécio Neves (PSDB-MG) engrossou o coro contra Renan, mas não deve achar tão ruim que ele se eleja.

O nome da oposição é do senador Pedro Taques (PDT-MT) para a disputa da presidência da Casa, na eleição marcada para ontem, sexta-feira (01/02), ele une a oposição mas não tem maioria.

Resta saber como será a vida de Renan daqui para frente.

 

Campus Party Brasil 2013

31 Jan

Campus Party trouxe o austronauta Buzz Aldrin, o segundo homem a pisar na Lua, que de novidade, disse apenas que Marte é o próximo astro a ter a pegada humana, outra palestra foi do fundador da Atari, Nolan Bushnell, e terá uma série de cursos, oficinas, cursos e diversões.

Há quem diga que este evento é dos “nerds”, mas parece mais algo de de “aficionados” (no sentido lato do termo, ficção) e de grande penetração de empresas, em especial, das nacionais relacionadas ao setor.

No dia de ontem apareceram dois grandes temas da atualidade: Big Data. Com José Papo, engenheiro da Amazon Web Services e professor da PUC-SP e Rafael Zanatta, mestrando em direito pela USP e pesquisa da vida e obra de Aaron Swartz, jovem ativista digital que recentemente se suicidou.

Procurando start-ups da área, Nolan Busshnell (autor do livro Procurando o próximo Steve Jobs), o funador da Atari falou de sua trajetória nos seus 40 anos de tecnologia.

O Campus Party Brasil 2013 começou dia 28 de janeiro e termina dia 03 de fevereiro de 2013 no Anhembi-SP.

Os destaques de hoje são o empresário e escritor da cultura digital Don Tapscott (que fala as 19 hs) e o fundador da Singularity University, Salim Ismail (que fala as 13 hs), ambos podem ser acompanhados por vídeos na internet.

Don Tapsctott tem livros famosos e ao contrário de muitos críticos dos jovens, a chamada geração Y, ela a define como a mais inteligente, mais capaz e responsável por uma revolução na economia e no comportamento global.

 

Google e Microsoft em eventos paralelos

29 Oct

Ao mesmo tempo em que a Microsoft lança o Windows Phone 8, a Google programou para a Cidade do Basquete (praça de eventos perto da ponte de Manhattan em Nova York) o lançamento entre outras promessas o Android Jelly Bean 4.1 e o Google Nexus.

O convite para o evento vem uma referência ao “playground” que pode significar novas notícias sobre a loja do Google Play, e o projeto do convite parece indicar alguma característica Jelly Bean para games.

Embora o lançamento do Windows 8 e do tablet surface já aconteceu também em Nova York no dia 25, a versão para smartphones ficou para o dia 29 de outubro, na mesma cidade, mas até alguns dias antes não se sabia o local.

As promessas do Windows Phone são uma tela de 4,3 polegadas de alta resolução e a tecnologia Beats que garante uma boa potência sonora para as músicas.

Ambos os eventos acontecem no mesmo horário, as 10 horas da manhã de Nova York.

 

Anunciado Office 2013

17 Jul

A empresa de Bill Gates reuniu ontem os jornalistas para o lançamento do novo editor de textos para as plataformas da empresa, chamado de Office 2013, entre as novidades está a integração com Skype para videoconferência, comunicação com redes sociais, integração na nuvem da empresa, a SkyDrive e uma interface mais simples para tablets.

O evento realizado ontem em São Francisco, Califórnia, teve apresentação do gerente da empresa Steve Ballmer, que salientou a integração com as nuvens e o Windows 8.

Quando Kirk Koenigsbauer, vice-presidente da divisão de Office da Microsoft, apresentava a nova versão dos aplicativos da empresa, aparecia a marca do tablet da Samsung que usava um sistema operacional Windows 8, aliás há um aplicativo novo chamado Caneta (pen) para escrever justamente em tela de toque.

Se você é conservador e não gosta de mexer muito na sua caixa de ferramentas, vai gostar do Office, enquanto aqueles que esperam novidades, simplificações e maior agilidade ficam um pouco decepcionados, também com os subprodutos: Excel, Power Point e OneNote (versão barata student) ou ainda com Outlook, Publisher e Acces, cuja versão liberada atual é chamada de “Consumer Preview” e tem a novidade o uso de a rede social corporativa Yammer, comprada pela Microsoft.

 

A multidão pode criar o carro do futuro

24 May

É o que está tentando a Volkswagem na China, embora o vídeo seja uma “montagem” e esteja em mandarim, a ideia original é que as pessoas participem do projeto dando sugestões e ajudando a criar a “invenção”, eu faço a sugestão de chamá-lo de CrowdWagem, mas seria mais interessante ainda que fossem sem patentes e pudesse ser reproduzido pelo mundo todo, com peças adaptadas em cada país.

O vídeo é bem humorado e abusa de efeitos especiais, e já de partida tem a participação do público porque foi resultado de um concurso da marca na China, que convidava os consumidores a projetarem uma versão perfeita do que seria um “carro do povo”.

O carro evita colisões, se mantem acima do solo movido por energia magnética, cabe duas pessoas e brinca com a cultura chinesa.