RSS
 

Arquivo para a ‘Câmera 3D’ Categoria

Star Wars vale a pena ver ?

19 Dez

Rogue One: uma história de Star Wars, o mais novo filme da série está estreando jedinos telões brasileiros, a história é bem simples: a Aliança se forma para tentar roubar os planos da Estrela da Morte e trazer nova esperança para a galáxia, bem aqui na Terra estamos precisando.

Fui ver, tinha a expectativa primeiro que não é um episódio isolado, a princesa Leia aquela da transmissão holográfica reaparece, a participação já antecipada no trailer de Darth Vader, mas há personagens novos como o robô imperial K-2SO: um cyborg reprogramado que fala tudo que vem a cabeça, lembra alguém do mundo da política ?

Há também Jyn Erso (Felicity Jones) que cresceu sob os cuidados do rebelde e filha do engenheiro-chefe da estrela da morte, ao seu lado lutarão Cassian (Diego Luna) um espião da Aliança, Chirrut (Donnie Yen), um guerreiro cego que acredita na Força com um fervor religioso (impressiona mesmo, embora não seja um Jedi); Baze (Wen Jiang), protetor e parceiro de Chirrut; e Bodhi (Riz Ahmed), um ex-piloto do Império.

Fui ver a versão 3D, os efeitos especiais realmente valem a pena, Roque One tem mais ação para os aficionados do gênero, Wars na verdade por enquanto não era exatamente guerra, tendo abordagens mais “terrestres”, sendo mais ousado e tecnicamente mais bem feito.

Se é que isto não era claro em filmes anteriores, o filme “mais terrestre” é porque há cenas que lembra o Dia D, a invasão de soldados nas praias europeias (claro, no filme é espacial), e também algumas cenas rementem aos conflitos do Oriente Médio, bem ao padrão de guerra global da visão belicista americana.

Talvez este elogio seja também uma crítica, mas só para os que não imaginam que sempre esteve por trás desta série e de outras o belicismo americano, mas ideologia a parte, o filme vale a pena, como prometiam o melhor da série.

Vai ter Oscar ? depois de Mad Max no ano passado, este até que merece mais.

 

Realidade Aumentada e Pokemon Go

09 Ago

RealidadeAumentadaChego na minha universidade para trabalhar e vejo um monte de estudantes andando sós ou em grupos de lá para cá, pensei tratar-se de nova greve, alguma prova de seleção para algum curso, mas eram o que já estão sendo chamados de pokébolas capturando Pokemons, mas a cena era nova e curiosa.

 

Desde a década passada há trabalhos e ambientes de realidade aumentada, pensava num uso mais produtivo, museus virtuais, estudos de física, química ou astrofísica; mas os games foram o primeiro grande uso, virou uma febre e que febre.

 

Disse-me um aluno que não é só sair poraí capturando Pokémons, encubando ovos, há várias táticas e mecânicas que podem tornar um jogador melhor que os outros.

 

Ele me resumiu assim: não disperdice pokebolas, pokemons com círculos amarelo em volta são muito fortes, procure pokemons diferentes em ambientes diferentes, capture pokemons repetidos que é mais fácil, e não precisa ficar com a câmera o tempo todo ligada.

 

Mas voltando a realidade aumentada, os congressos brasileiros na área existem desde o final do milênio passado no Brasil, o pioneiro Prof. Dr. Claudio Kirner me explicou que na verdade são 4 níveis: a realidade aumentada, a virtualidade aumentada e o ambiente virtual, como os Pokemons estão no primeiro nível podemos pensar que haverão no mínimo mais 3 evoluções.

 

O que vem por aí pode ser mais surpreendente ainda, então penso que isto veio para ficar.

 

Resgatem o Perdido em Marte

07 Jan

Em tempos de niilismo e culturas pseudo-revolucionárias sempre com algum toque ideológico PerdidoMartepara parecer séria, o filme é surpreendente, não vi a versão 3D, mas me mandaram ver.

O ator Matt Damon, o astronauta deixado em marte que descobrem que está vivo, já havia sido resgatado na pele de Soldado Ryan (1998).

Li 100 anos de solidão outros tipos de solidão, mas ao ligar solidão e sobrevivência a ideia foi feliz e todo mundo vai querer salvá-lo, não por aquela pieguice do coitadinho esquecido para trás, mas porque ele cativou o espectador.

A colorida e a bem feita fotografia de Dariusz Wolski é outra possível indicação para o Oscar, além do ator Matt Damon, mas é possível que o diretor  Ridley Scott também tenha uma indicação, lembro de um fracasso dele com Prometheus.

Quanto a melhor filme quase tenho certeza de sua indicação para o Oscar (já foi indicado no Globo de Ouro), mas classifica-lo como comédia me parece forçado, eu diria divertido como boa parte da crítica também tem dito.

Os resultados do Globo de Ouro saem domingo (10/01) e já saberemos quem ganhou o que, e como antecede ao Oscar 2016 o que podemos esperar dele.

 

Star Wars é tudo isto ?

06 Jan

Sim e não, fui assistir a versão 3D porqueStarWars acreditava e estava certo que os efeitos especiais vão além do gosto dos aficionados, mas não creio que eles sozinhos garantam toda esta bilheteria, e espero que esta seja uma das indicações para o Oscar.

 

Não porque gosto de filmes de ficção e não me surpreendeu como deste ano, por exemplo, Perdido em marte, que chega a ter um toque de “realismo” muito bom.

 

Com poucas semanas é extraordinária a bilheteria que já consegui, por ordem de faturamento, as bilheterias mais rentáveis nos Estados Unidos foram:

 

  1. Avatar: US$ 760,507,625.
  2. Star Wars: O Despertar da Força: US$ 740,265,583.
  3. Titanic: US$ 658,672,302.
  4. Jurassic World: US$ 652,270,625.
  5. Os Vingadores: US$ 623,357,910.

 

No mundo ainda é o sexto, mas as estréias apenas começaram, o primeiro é Avatar, do cineasta James Cameron, mas Star Wars: O Despertar da Força não tem nem um mês de estreia no resto do mundo e o lucro de bilheteria mundial, o filme dirigido por J. J. Abrams está atrás apenas S$ 20 milhões de Avatar, isto é, vai alcança-lo.

Aficionados e efeitos especiais a parte, pode ter várias indicações para o Oscar (já está indicado no Globo de Ouro), mas não de melhor filme, nem de roteiro original, mas a sociedade do espetáculo gostou e rendi-me a ela, fui ver e gostei.

 

As tecnologias OLED chegam nas lojas

10 Ago

OLED significa LED-Organico, os diodosTV-oled emissores de luz (LED – Light Emitter Diode) são dispositivos eletrônicos, mas a tecnologia aplicada a materiais orgânicos tem duas vantagens, são menos nocivas e antiecológicas, e permitem que as telas sejam flexíveis.

As primeiras observações de eletroluminescência em materiais orgânicos foram feitas em 1950 por André Bernanose e colegas na Universidade de Nancy na França, em 1960 Martin Pope e colegas da Universidade de Nova York desenvolveram eletrodos injetáveis ôhmicos de contato a partir de cristais orgânico e em 2010 é publicado um artigo (Recent Advances in White Organic Light-Emitting Materials and Devices (WOLEDs)”. Advanced Materials 22 5) sobre OLED “brancos” permitindo esta tecnologia em escala industrial.

As TVs OLED que chegam agora no mercado, no Brasil a Samsung já vende estes aparelhos, permitem maior contraste de imagem que a LCD com iluminação traseira do por Eletroluminescência (comuns) que podem torná-las mais finas e econômicas.

A TV OLED Smart Curva 3D de 55” Wi-Fi, com 4 Óculos, 4 entradas HDMI e 3 USB está no mercado nacional em torno de R$ 6200,00, ainda tá cara para o bolso nacional.

 

Medicina 3D avança

28 Jul

A ideia que toda a tecnologia é consumo e as empresas a usam para nos fazer consumir mais é meia verdade, oStephen consumo se apropria dela, empresas com as operadoras nacionais (quer dizer que operam aqui) as transformam em bom negócio, mas isto é assunto da política.

A tecnologia traz inúmeros avanços e benefícios para a humanidade, uma das provas claras disto é o uso de impressoras 3D para a Medicina, pode-se dizer a Medicina 3D.

Os avanço de processamento de imagens e ressonância magnética, já estão consolidados e são conhecidos, não estão disponíveis porque isto também é um problema político.

Em março desde ano o Centro de Tecnologias de Reconstrução Aplicadas à Cirurgia (Cartis, em inglês) do País de Gales, fez uma complexa operação para reconstituir a face do paciente Stephen Power, vítima de um acidente de moto, que fraturou ossos da face, mandíbula, nariz e crânio.

Agora avança a Medicina 3D, o Instituto Nacional de Saúde dos EUA (NIH em inglês) já tem um site  desde junho dedicados a impressão 3D, para a saúde e também para a ciência em geral, e no Brasil a entidade pioneira é o Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), de Campinas, CTI que já produziu 3 385 peças para cirurgias.

Já existem vídeo-capsula que podem percorrer o corpo, microcircuito que podem ser fixado no olho e até um pâncreas artificial.

 

Facebook embarca em Realidade Virtual

27 Mar

OculosRiftSerá a próxima onda ? Realidade Virtual é assunto de pesquisas e de empresas desde a década de 90, o filme Avatar é um belo exemplo de realidade virtual, nem uma única planta, árvore ou folha no filme foi necessária, absolutamente todo ambiente era virtual.

 

Agora o Facebook acaba de adquirir a empresa a Oculus VR, fabricante de óculos de realidade virtual, em uma transação bilionária avaliada em US$ 2 bilhões.

 

A companhia usa o Oculus Rift principalmente em games para PC e segundo pesquisa do próprio Facebook, a empresa teria recebido mais de 75 mil pedidos para fornecer kits do sistema para companhias interessadas em realidade virtual.  

 

O acordo prevê um pagamento de US$ 400 milhões em dinheiro e 23,1 milhões de ações ordinárias do Facebook, e um adicional de US$ 300 milhões, tanto em dinheiro com em ações, caso alcancem algumas metas de produtividade.

 

Nova câmera Sony semi-profissional

12 Jul

A NEX-7 faz parte da linha de câmeras de terceira geração (corpo pequeno, lentes intercambiáveis) da Sony, o modelo anterior a NEX-C3 já é fabricada no Brasil mas perto dela a NEX-7 é uma câmera profissional e tendo um corpo mais compacto.

O corpo da NEX-7 é produzido em liga de magnésio, pesa 291 gramas sem as lentes, possui um sensor EXMOR APS HD de 24,3 megapixels e usa o processador Bionz de imagem.

A promessa é imagens com “muito pouco ruído” e “tempo de resposta excepcionalmente rápido” uma câmera comm sensibilidade ISO de 100 a 16.000, com um tempo 20 milissegundos entre dois cliques o que chega até a 10 quadros por segundo (modos AF/AE).
E ela tem um visor eletrônico integrado (OLED XGA), com uma tela de 3″ que é touchscreem.
Os controles são feitos por dois discos na parte superior da câmera e uma “control wheel” atrás.

Faz vídeos em AVCHD Full HD, 24 quadros por segundo (praticamente cinema), com som estéreo, sendo compatível com o formato AVCHD Progressive (2.0), capaz de atingir até 60 quadros por segundo

 

Show em 3D marca aniversário de Moscou

06 Set

Cerca de 100.000 espectadores assistiram a um evento de luz com projeto 3D cobrindo os mais 25 mil metros do edifício principal da Moscow State University.

Complementado com muita música e fogos de artifício foi festejado o 864º.  o aniversário de Moscou.

The show was masterminded by David Atkins, director of the opening ceremony for both the Sydney Olympics Games in 2000 and the Shanghai World Expo in 2010.O show foi projeto por David Atkins, conhecido por ser o diretor da cerimônia da abertura dos Jogos Olímpicos de Sydney em 2000 e dos Jogos da Shanghai World Expo em 2010.

O show 3D em certo momento transformou a Universidade em outros prédios históricos de Moscow, transforma-a em um conjunto de blocos de gelos que demororavam depois num imenso aquário e também em uma biblioteca gigante (a foto ao lado) num espetáculo de luzes cores e música (alguns trechos podem ser vistos na web como no site a BBC News e no YouTube).

Outra parte do show foi a escala do mundialmente famoso alpinista de áreas urbana Alain Robert, conhecido por ter escalado a Torre Eiffel eo Empire State Building, agora ele subiu o prédio da universidade de 240m de altura.

O alto custo de equipamentos e da tecnologia por trás destes shows, só os tornam possíveis em grandes eventos, postamos dois meses atrás o evento parecido em Santiago de Compostela (veja o post).

No final do show, 5.000 fogos de artifício foram queimados dando um final apoteótico ao festival de comemoração do universário de Moscow.

A primeira referência a esta cidade data de 1147 quando Yuri Dolgoruki convida o princípe de novgorod para estar com ele em Moscovo (Vem comigo, irmão, a Moscovo), encontro que aconteceu a 4 de Abril de 1147, quando vieram vários principes de regiões vizinhas que trocaram presentes e fizeram um acordo de mútua cooperação, porém a data de criação passou a ser festejada em 5 de setembro.

 

Começa amanhã evento Broadcast & Cable

22 Ago

Começa amanhã no centro de convenções da imigrantes, o mega evento de conexões e mídias, participam diversas empresas de redes, novas mídias e comunicação, chamado Broadcast & Cable 2001.

A lista de expositores inclui a FujiFilm, Yamaha, a Sony, a Roland e muitas empresas nacionais como Inatel, a Teleponto e muitas obras.

Para o grande público uma expectativa é as TVs 3D, com a copa do mundo e as olimpíadas no Brasil as vendas podem ser altas. O primeiro filme 3D, por exemplo, foi exibido nos EUA no ano de 1952. Desde então até hoje muita coisa evoluiu e a emoção das três dimensões já estão presentes nos filmes, nas TVS, na Web e até mesmo nos celulares avançados.

Entre expositores que estreiam na feira, está a wTVision que já está no mercado brasileiro, em especial na área de Motorsports, a empresa éspecialista em grafismo em tempo real para televisão, e vai mostrar seu diferencial para o setor.  O setor de sports inclue projetos customizados para várias modalidades esportivas: tratar estatísticas, produzir gráficos, gerenciar bases de dados integrando tecnologias virtuais e de tracking.

Também a Embratel acionária majoritária da Star One Star One, a maior operadora de satélites na América Latina, estão juntas no evento, ela já conta com cinco satélites GEO (Star One C1, C2 e C12, Brasilsat B3 e B4), além de um satélite em órbita inclinada (Brasilsat B2), tem sua base localizada em Guaratiba (RJ) e deverá lançar em breve o C3, que opera em Banda C cobrindo toda a América do Sul, incluindo o mar territorial  nacional.

A Yamaha apresentará algumas novidades em som, como a versão avançada do mixer M7CL, o M7CL48ES: novos prés de microfone que tecnologia Ethersound SB168 ES, que permite a comunicação por meio de um cabo de rede, e o PM5D Versão 2, que poderá ser expandida para 144 canais por meio do lançamento do novo produto da Yamaha, o DSP5D que tem seu processamento de sinal é feito em 32 bits, sample rate interno em taxas acima de 44 KHz, um alto padrão de fidelidade em som.

O Centro fica no km 1,5 da Imigrantes e será aberto todos dias após as 12 hs, pode-se fazer inscrição on-line e no local para visitas.