RSS
 

Arquivo para a ‘Plataformas’ Categoria

Uma forma de avançar na educação

19 Abr

As educações básicas precisas como disseram no primeiro postde empatia, capacidade de resolver conflitos e não será possível com a educação on-line atingir os níveis de escolarização para as faixas etárias mais baixas, mas a partir da primeira escolaridade.

Chamo isto a idade até os 10 ou 12 anos, já é possível observar que o ensino on-line ajuda e pode ser de grande avanço, em especial para crianças que vivendo em países periféricos tenham capacidade de rendimento escolar acima do que seria próprio da sua idade, claro esta criança deve desfrutar de canais de empatia e sociabilidade normais da sua idade.

Porém no nível superior é que podemos ter saltos maiores de qualidade e propiciar uma alta escolarização em escala mundial, só para dar um exemplo, a Índia que ainda tem níveis de saúde e pobreza alarmante é um país gerador de cérebros e estudantes de alto nível.

Os MOOCs (Massive Open Online Curses) é um tipo de curso aberto oferecido por meio de ambientes virtuais de aprendizagem, ferramentas da Web 2.0 ou redes sociais que visam oferecer para um grande número de alunos a oportunidade de cursarem sem a presença física em universidades e sem custos de moradia, transportes, etc.

Um fake News rodou este universo dizendo que os MOOCs nasceram em 2012 e faleceram em 2014, mas isto não é verdade, os números comprovam isto: os números atuais segundo o site Central-Class, o número de estudantes online é de 58 Milhões, distribuídos em mais de 700 universidades, em 6850 cursos, também os gráficos deste site mostram valores crescentes.

No Brasil grandes universidades já possuem cursos on-line, por exemplo: a FEA, da USP, tem um curso de  Fundamentos de Administração (FEA/USP), disponível na plataforma Veduca, de educação online do Brasil, o curso gratuito é destinado a quem deseja aprender a administrar, outro curso é Responsabilidade Social e Sustentabilidade das Organizações (PUC/RS), curso da PUC do Rio Grande do Sul disponível na Miríada X, a Fisica de São Carlos tem o curso Física Básica (IFSC/USP), o curso tem carga horária de 59 horas divididas em 26 aulas e a UnB tem o curso Bioenergética (UNB),  que permite ao interessado optar por apenas assistir às aulas ou obter o certificado.

 

O (im)possível futuro da humanidade

11 Abr

Critica a parte dos tecnoprofetas, é possível fazer especulações, no campo das hipóteses, portanto, sobre o futuro da humanidade, este é o livro mais recente de Michio Kaku, onde ele explora em detalhes ricos de possibilidades físicas e teóricas como a humanidade poderá, em passos graduais e com certeza olhados por comitês éticos, desenvolver uma civilização sustentável no espaço sideral.

É preciso dar alguns passos atrás e ver quanta coisa já conseguimos, através da leitura de outro livro deste renomado físico e alguém que vai no campo das hipóteses com fundamentos e base teórica para as especulações.

No seu livro de 2008, em boa tradução portuguesa do Editorial Bizâncio, seu livro “A física do impossível” mostra em que campo está a física, os avanços já conhecidos e os prometidos.

Depois de passar pelos grandes físicos do século XIX, James Maxwell, que questionou o fato dos campos magnéticos poderem se tornar elétricos e vice-versa numa clara descontinuidade, e ir até as possibilidades de invisibilidade baseado na nanotecnologia de metamateriais, ele cai na realidade e diz: “a maioria das máquinas nanotecnológicas não passa de meros brinquedos.” (p. 51)

A segunda busca de Kaku é o teletransporte (na foto filmes de ficção), o famoso artigo de Einstein, em que ele e outros colegas põe a prova o fenômeno dos quanta se teletransportarem sem passar por um estágio intermediário, rompe com o princípio Aristotélico ir de A para B passando por C intermediário, foi nos últimos cinquenta anos demonstrado, apesar do questionário de Einstein, Poldoslky e Rosen, razão pela qual ficou conhecido como fenômeno EPR.

A idéia é que se dois elétrons vibram em uníssono, o que é chamado de coerência, estas partículas estão ligadas por um tipo de conexão profunda, chamada “entrelaçamento quântico” (pag. 78), na década de 1980 Alain Aspect na França fez a experiência e comprovou que esta ligação de “entrelaçamento” existe, mas a pergunta é ela transportaria informação?

A resposta de Kaku é categórica: “não podemos enviar uma verdadeira mensagem, ou um código Morse, através da experiência EPR, mesmo que a informação viaje mais depressa que a luz.” (p. 79)

Já postamos sobre os robôs, agora queremos falar sobre a inteligência artificial, escreveu Kaku: “A ironia suprema é que as máquinas podem efetuar com facilidade tarefas que os humanos consideram ´difíceis, como multiplicar grandes números ou jogar xadrez, mas fracassaram quando se lhes pede que efetuem coisas extremamente ´fáceis´ para os seres humanos, como andar numa sala, reconhecer rostos ou tagarelar com um amigo.” (p. 130)

Pega o discurso de Marvin Minsky, do MIT, um dos fundadores da IA, que resumiu o problema do seguinte modo: “A história da IA é engraçada, pois os primeiros feitos reais eram belas coisas, como uma máquina que fazia demonstrações em lógica ou saía-se bem num curso de cálculo.  Mas, depois, começámos a tentar fazer máquinas capazes de responder perguntas sobre os tipos de histórias simples que se encontram num livro do primeiro ano do ensino básico.  Hoje não há nenhuma máquina que consiga isto.” (p. 131).

Exploraremos no próximo post  (im) possibilidades que podem tornar-se reais, na visão de Kaku.

 

E a Computação Quântica

23 Out

Enquanto a computação digital trabalha com 0 e 1, a computaçãoaCompQubit quântica poderá usar um conceito de 0 e 1 simultâneos, efeito conhecido pelos físicos como “entrelaçamento” e quando foi enunciado foi chamado por “efeito fantasmagórico” por Einstein, Podoslki e Rosen, sendo assim conhecido pela sigla EPR.
Este fenômeno permite o processamento de várias operações simultâneas, os qubits (bits quânticos) poderão usam os seguintes princípios do processamento de fótons:
– partículas de luz, a luz tem propriedades de partículas,
– íons presos ou armadilha de íons, área conhecida com spintrônica,
– qubits supercondutores, processamento a velocidade da luz praticamente, e,
– centro de vacância de nitrogênio, fenômeno já observado em diamantes imperfeitos.
Computadores quânticos criarão novas aplicações, tais como, modelar variações de reações químicas para descobrir novos medicamentos, desenvolver novas tecnologias de imagem (hologramas aplicados a comunicação, e desenvolvimentos baterias e novos materiais e eletrônica flexível).
Mas a aplicação mais revolucionária será a internet quântica, totalmente usando as partículas de luz (fótons), havendo também uma proposta que usa a luz interagindo com a matéria, o futuro nos espera.
Os projetos ainda estão em desenvolvimento, mas já com muitos resultados.

 

Robôs autônomos ?

03 Out

Robôs autônomos é a denominação para aqueles que dentro de limites ambientais,autonomosRobot podem realizar os objetivos desejados (por humanos ou por tarefas organizadas em um algoritmo) nestes ambientes desestruturados sem a ajuda humana, por isto o são em certos níveis.

Por exemplo, dentro de uma fábrica onde tarefas mecânicas são realizadas, para evitar acidentes o seu espaço geográfico é limitado e deve detectar algum defeito que possa cumprir determinada tarefa fora do previsto, já um robô espacial deve ter menos limites e ser o mais autonomo possível, por estar sem a possibilidade de uma ação humana direta e ter dificiuldades de comunicação devido a distância.

O projeto chamado SWARM, financiado pela União Européia e que já fizemos um post, agora tem o primeiro sistema multi-robôs de autono montagem que tem coordenação sensório-motor observando robôs parecidos ao seu redor, eles vão variar de forma e tamanho conforme sua tarefa e/ou ambiente de trabalho.

Um ssitema “cerebral” central coordena todos eles, através de um sistema chamado MNS (Sistema Nervoso Combinal, em português), e assim são reconfigurados absorvendo diferentes capacidades mas combinadas por um único controlador central.

Eles também podem se dividir e realizar tarefas de auto reparo, eliminando partes do corpo com defeito, incluindo uma unidade cerebral com algum defeito, claro que pode-se definir que estes defeitos e auto reparos possuem limitações conforme a complexidade.

Em robos autônomos, o aprendizado refere-se a aprender e ganhar novas capacidades sem assistência externa e ajustar estratégias de acordo com o ambiente, o que pode fazer com que sua autonomia aumente, mas pelo que se pode ler do artigo ainda não é o caso.

O modelo atual tem 10 unidades, e os autores apontam no paper publicado na Nature Communications, afirmam que o projeto é escalável, tanto em termos de recursos computacionais para controle robótico quanto tempo de reação para estímulo, dentro do sistema.

Olhando para o futuro, a equipe sugere que os robôs provavelmente serão projetados para adaptação aos requisitos de tarefa em mudança e não mais somente para tarefas específicas.

 

O que dizem do iPhone 8 e plus

20 Set

Não sei se já disseram alguma coisa antes, mas pude ler os primeiros aImagemIphone8comentários ontem do Hi Phone 8 e o modelo plus, Mathew Panzarino do TechCrunch destaca a câmera “com a realidade aumentada e visão computacional emergindo como concorrentes na próxima grande onda de desenvolvimento de plataformas, o sistema de câmera será um [importante] mecanismo de entrada, um sistema de comunicação e uma declaração de intenção”.

Outro site importante de tecnologias é o Engadget, Chris Velazco se viu curioso com os apps tipo ARKit funcionariam e gostou da experiência de realidade aumentada e afirmou que o preenchimento (renderização) de objetos virtuais em planos físicos os fazem “grudar nas superfícies melhor que os similares apps Tango”.

Outro site forte na área é The Verge, o comentário de Nilay Patel foi: “assim como na Samsung, as imagens do iPhone agora são mais saturadas por padrão, embora a Apple diga que ainda está visando realismo em vez das cores saturadas e as suavizações do S8” e afirmou mais a frente que tirando fotos com um iPhone 8, um Pixel XL, um S8 e um iPhone 7 “no automático, e o iPhone 8 produziu as imagens mais consiste e ricas do grupo”.

A novidade no software ficou por conta do recurso Iluminação de Retrato, que permite efeitos de luz com a câmera frontal, a bateria dura cerca de 11 horas avisa outro review,
Por fim o último, mas o mais importante site de tecnologia David Pierce da Wired, afirmou que “os celulares são muito bons e impressionantes, e ainda assim não são os melhores aparelhos da Apple. O iPhone X representa a visão do futuro da Apple, e também da Samsung, da Essential, da Huawei e muitos outros.”
Espera-se muito cada vez mais de câmeras e Apps de tratamento gráfico, o desempenho e a memória parecem são importantes, mas estão ficando em segundo plano, o site TechCrunch por exemplo nota que “o chip A11 da Apple tem um desempenho que é compatível com o Core i5 do MacBook Pro”.
Com a importância gráfica e tratamento de imagens telas OLED de maior definição serão importantes.

 

Quais são os melhores planos para nuvens

29 Ago

Já passamos por disquetes, CDs, pendrives e agora são os armazenamentosaDrive em nuvens, há serviços bons, médios, mas os excelentes ainda estão por vir.

Detalhe importante verifique se ao comprar um tablete ou notebook se ele já não tem um serviço de nuvem disponível, na maioria das vezes teme o usuário nem sabe usar, é o que vem escrito como 25 GB de storage, pode ser mais ou menos, mas que significa armazenamento por toda vida, mais seguro que qualquer outro serviço.

Se colocar na ponta do lápis, os serviços gratuitos, vai encontrar 5 bons: Dropbox, OneDrive, Box, Google Drive e iCloud, mas ainda tem os serviços ADrive, Amazon, CloudDrive e SpiderOak que são bons, mesmo tendo serviço gratuitos terá que por um pouco a mão no bolso.

O Box é um dos serviços mais confiáveis do mundo, sendo uma opção bem equilibrada em termos de espaço e segurança, mas assim como alguns concorrentes, a desvantagem é a incompatibilidade com o sistema Linux.

Um dos mais famosos serviços de armazenamento em nuvem é também um dos mais robustos,  Dropbox tem pouco espaço para armazenamento no plano gratuito.

O produto da Google, o  Google Drive tem um espaço de armazenamento considerável, sincroniza fotos automaticamente, tem funções rápida, já vem instalado em quase todos os Androids e Chromebooks, sendo uma opção fácil para quem já usa outros serviços da companhia.

Estes outros planos, como o ADrive chegou a ganhar destaque nos últimos anos quando oferecia alto espaço de armazenamento sem custo ganhou mercado, mas depois ele só permitiu planos por assinatura.

 

Sistemas Autônomos e Inteligentes

23 Ago

A autonomia ligada a área de Inteligência Artificial (AI) foi mudando de SistemasAutonomosconotação ao longo do tempo, e hoje podemos dizer que está ligada a ideia genérica de interação com informações e ambientes sociais, o que é claro é um pouco vago demais

Então criar relações entre o campo de desenvolvimento de Agentes Inteligentes e Autonomia, assuntos que tem uma formalização bastante consistente em Agentes Inteligentes é uma boa ideia, e torna o conceito menos abstrato.

De acordo com Nicholas Jenning (2000) “a computação baseada em agentes representa uma nova síntese excitante, tanto para Inteligência Artificial (IA) quanto, em geral, na Ciência da Computação. Possui o potencial de melhorar significativamente a teoria e a prática de modelagem, concepção e implementação de sistemas informáticos.  No entanto, até esta (aquela) data, houve uma pequena análise sistemática do que torna a abordagem baseada em agente um modelo computacional tão atraente e poderoso. Além disso, ainda menos esforço foi dedicado a discutir as desvantagens inerentes decorrentes da adoção de uma visão orientada por agente. Aqui, ambos os conjuntos de questões são explorados.

Um ponto bastante importante, e pouco explorado ainda, mas citado por Jenning é a questão da interação social, afirma o autor: “”O ponto de vista desta análise é o papel do software baseado em agente na resolução de problemas complexos do mundo real. Em particular, argumentar-se-á que o desenvolvimento de sistemas de software robustos e escaláveis requer agentes autônomos que possam completar seus objetivos, situados em um ambiente dinâmico e incerto, que possam se envolver em interações sociais ricas e de alto nível e que possam operar dentro de Estruturas organizacionais flexíveis”.

Um campo que não é bem explorado é se os robôs e sistemas inteligentes que têm uma interação social efetiva podem ser “conscientes” dessa interação, no sentido fenomenológico, que diz que só há consciência de “algo” que sua atividade direcionada a certos objetos.

Esta será nossa próxima questão.

Jenning, Nicholas. On agent-based software engineering .  Artificial Intelligence 117, Science Direct (Elsevier licence), 2000.

 

Twitter vai remunerar uso de Periscope

26 Jun

Uma reação do Periscope do Twitter, que permite transmissão de vídeos no microblog, aoTwitterLikeLogo concorrente Alphabet do Youtube que lançou transmissões de vídeo ao vivo para dispositivos móveis com usuários de mais de 10 mil seguidores, pode alavancar a remuneração em moeda digital com uso dos aplicativos.

Em 2015 quando o Twitter lançou o Periscope, o crescimento de transmissões foi progressivo, segundo a empresa o volume chegou a 77 milhões de horas de vídeos ao vivo nos três primeiros meses de 2017, volume alto, mas não há informações sobre visualizações.

O Alphabet do YouTube, da Alphabet, além do requisito de mais de 10 mil seguidores, expandiu sua própria oferta para ajudar os artistas on-line a ganhar dinheiro, mas o Twitter quer remunerar usuários comuns, porém a remuneração de fãs para os artistas apenas, entretanto a monetarização digital destes sistemas poderá incidir no uso da moeda digital, alavancando-a para outros serviços.

Como alavancar negócios ? Segundo o The Verge, o Periscope vai permitir que marcas sejam adicionadas aos corações personalizados do aplicativo nas transmissões em tempo real, ao lado dos corações multicoloridos normais que aparecem quando o espectador aperta o botão “like” usual.

A primeira franquia americana é a Fast and Furious, com “like” adicionando seu logotipo colorido “F8”, outras marcas poderão utilizar, o serviço por enquanto só nos EUA poderão chegar logo aqui e outros países.

 

O ataque hacker mundial

15 Mai

Já é o maior ataque mundial, os números contabilizados até o domingo (14/05) jáConfigurarUpdate ultrapassavam 200 mil computadores infectados em 150 países, mas como todo vírus digital não há prazo para ele acabar a menos que os sistemas estejam protegidos definitivamente, por isto a atualização é tão necessária.

O tipo de vírus um ransonware, um malware que se instala no computador, faz a encriptação de todos dados e os bloqueia exigindo pagamento (neste caso em bitcoins, moeda digital) e não permite que você acesse seus próprios programas e dados.

Foi chamado pelos próprios hackers de Wanna Cry, considerado um malware de alto-nível, distribuído como Deep Web, e as informações dizem que foi uma adaptação de um programa do NCSA americano (departamento de inteligência) e este seria justamente para encriptar e capturar dados de cidadãos e empresas.

Para quem tem facilidade no uso do ambiente Windows, indo em configurações você vai encontrar a tela Atualização e Segurança (Windows update) e deve aguardar a atualização que pode demorar um pouco, mas vai atualizar também o Windows Defender, que na versão atual já tem a vacina contra este vírus.

Se o programa não atualizar completamente, é porque seu Windows não é original, então significa que ainda assim não estará seguro.

Sobre a possibilidade de encontrar os responsáveis diversos caminhos devem estar sendo tentando, no entanto os investigadores não vão divulgar as estratégias, mas que basicamente podem ser três: rastrear a origem histórica do ataque, rastrear de onde estão vindo os ataques atuais e mecanismos não convencionais de verificar o uso dos bitcoins, já que são pseudônimos (pseudo-moedas) que devem ser transformadas em produtos ou moedas existentes para serem resgatados os valores do sequestro de dados feitos pelos hackers.

É cada vez mais importante manter cópia de dados em backups em nuvens ou um HD externo.

 

TOM TOM go Brasil

03 Mai

O GSP Tom tom já é famoso em todo Brasil, e já tinha uma versão para muitos paísesTomTom pelo mundo agora, agora chegou o Tom Tom Go Brasil, ao menos por enquanto gratuito e melhor que o Waze, pois funciona mesmo que seu celular esteja off-line e atualiza online todos os maps sem precisar daquela: “atualização de gps”.

O aplicativo já funciona para dispositivos Androids e está prometendo em breve para HiPhones, e entra numa competição direta com o Waze, o aplicativo popular para transito.

O motorista pode checar as condições do trânsito em diversas rotas, saber onde radar de velocidade em muitos casos identificando radares móveis velocidade, como a velocidade máxima da via, mas a opção mais interessante o download de diversos mapas diversos.

Apesar disto ser interessante, ele dá umas bolas foras, por exemplo, o Ceará fica na região Nordeste, mas é apontado como Norte, então para baixar verifique ao certo em que região está de acordo com o Tom Tom.

Tem serviços interessantes como avisar os amigos a hora de chegada, ele vai calculando e refazendo o horário de acordo com o transito e paradas, ideal para caronistas e gente que adora parar para o lanchinho.

Até o dia 13 de julho (porque esta data), o aplicativo “Conheça Tom Tom Navegação GPS’ pode ser baixado gratuitamente, após esta data custará U$ 1, cerca de 3 reais.

A má notícia é que depois do período de testes, o usuário tem que desembolsas US 15 (R$ 34 reais) por ano para uso das licenças dos maps, ou ficará com eles desatualizados, e não se sabe, se o serviço poderá ser cortado.