Warning: Declaration of wp_option_choose_color_scheme::render() should be compatible with wp_option::render($field_html, $colspan = false) in /home/marcosmucheroni/www/blog/wp-content/themes/chocotheme/lib/theme-options/choose-color-scheme.php on line 39

Warning: Use of undefined constant wp_cumulus_widget - assumed 'wp_cumulus_widget' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/marcosmucheroni/www/blog/wp-content/plugins/wp-cumulus/wp-cumulus.php on line 375
11 « maio « 2015 « Blog Marcos L. Mucheroni Filosofia, Noosfera e cibercultura
RSS
 

Arquivo para maio 11th, 2015

Mistério, partículas e cosmoMystery, particles and cosmos

11 maio

O pragmatismo objetivista, que vê o ser separado em sujeito e objeto, não consegue verDoisExperimentos além do próprio umbigo do eu, ainda que navegue por categorias como “individualismo”, “ética”, “consciência” (ou alienação que dá no mesmo) é ele próprio inconsciente da sua necessidade  de ir além, da meta-fisica, já que a física (physis) base de sua objetividade, alienou o Ser transfor- mado em sujeito (subjetividade) ou anulou-o completamente em um homo sacer.

Olhar para o infinito e para o mistério, ainda que não resolva o problema, ajuda a pensar que não sabemos tudo, que a razão cínica (Sloterdijk) não explicou tudo, ou melhor, explicou quase nada e que a vida e o Ser continuam aí, no Dasein da crise da modernidade.

Dois eventos nos ajudam a olhar este mistério, ainda que apenas no campo confortável da objetividade, o olhar para o infinito do universo aonde ainda o homem não vê e para o interior da partícula aonde o homem vê, mas não entende o mistério ali depositado (pelo Ser).

Olhar as partículas é possível a partir do Large Hadron Collider (LHC), que voltou a funcionar no primeiro domingo de abril (05/04), e agora com uma energia superior a anterior, antes 7 eV e agora 13 eV, as partículas viajarão a 99,999999% da velocidade da luz, e poderemos produzir, em laboratório, o semelhante a um micro buraco negro, mistério presente no universo.

http://home.web.cern.ch/topics/large-hadron-collider

Depois do Hubble, um novo laboratório estará presente nos cosmos ampliando nossa visão, em homenagem ao astrônomo James Webb, ele se chamará James Webb Space Telescope, ou apenas JWST, e ao contrário do anterior que enxergava obtinha imagens pelo espectro solar visível, o JWST usará o infravermelho, e assim poderá ver além da visão normal, e obersar a formação das primeiras galaxias e estrelas, estudando sua evolução até formar as galáxias, como se dá a produção dos elementos e partículas pelas estrelas e ver os como se dão os seus processos de sua formação.

Olhar profundamente para dentro e profundamente para fora, pode ajudar o homem que se fragmentou na modernidade e a reencontrar o seu Ser, nem sujeito nem objeto, mas Ser.The objectivist pragmatism that sees being separated into subject and object, can not see beyondDoisExperimentos the navel of the self, although browse by categories such as “individualism”, “ethics”, “consciousness” (or disposal which is the same) is himself unaware of their lack of beyond, the meta-physical, as the physical (physis) basis of their objectivity, alienated being trans- formed into subject (subjectivity) or canceled it completely in a homo sacer (Agamben).

Looking to infinity and the mystery, but not solve the problem, it helps to think we do not know everything that cynical reason (Sloterdijk) did not explain everything, or rather explained almost nothing and that life and still be there in the Dasein of the crisis of modernity.

Two events help us to look at this mystery, if only in comfortable field of objectivity, look for the infinite universe where even the man does not see and the interior of the particle where the man sees but does not understand the mystery was laid ( by Being).

Look particles is possible from Large Hadron Collider  (LHC) returned to work on the first Sunday in April (05/04), and now with an energy greater than earlier before 7 eV and 13 eV now, the particles will travel to 99 , 999999% the speed of light, and we can produce in the laboratory, similar to a micro black hole, this mystery in the universe.

After Hubble, a new laboratory will be present in the cosmos expanding our vision, named after the astronomer James Webb, he called James Webb Space Telescope, or just JWST, and unlike the previous one which saw images obtained by the visible solar spectrum, the JWST use infrared, and so you can see beyond the normal vision, and obersar the formation of the first galaxies and stars by studying their evolution to form galaxies, how is the production of elements and particles by the stars and see how to give their processes of its formation.

Look deeply in and out deeply, can help the man who broke up in modernity and to rediscover your being, or subject or object, but Being.