Warning: Declaration of wp_option_choose_color_scheme::render() should be compatible with wp_option::render($field_html, $colspan = false) in /home/marcosmucheroni/www/blog/wp-content/themes/chocotheme/lib/theme-options/choose-color-scheme.php on line 39

Warning: Use of undefined constant wp_cumulus_widget - assumed 'wp_cumulus_widget' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/marcosmucheroni/www/blog/wp-content/plugins/wp-cumulus/wp-cumulus.php on line 375
15 « maio « 2015 « Blog Marcos L. Mucheroni Filosofia, Noosfera e cibercultura
RSS
 

Arquivo para maio 15th, 2015

Como a tecnologia ajuda o NepalHow technology helps Nepal

15 maio

NepalA tecnologia foi eficiente na ajuda inicial do primeiro terremoto no Nepal, mas o segundo terremoto duas semanas depois parece ser mais cruel, pois se o primeiro matou mais de 8 mil pessoas, o terremoto desta vez foi em regiões distances perto da cidade Namche Baazar, que fica próxima ao Monte Everest, um dos mais altos do mundo e a região tem difícil acesso.

O que se reclama agora é a falta de mapas de alta qualidade mais abrangentes, em especial em áreas remotas, que significa que é necessário coordenar uma série de esforços médicos, de alimentação e de abrigo, em áreas remotas mais complicadas.

Um dos esforços é o Katmandu Living Labs que usa diversos voluntários para criar mapas digitais do país, sinalizando as estradas, hospitais e outras comodidades para fazer o auxílio chegar mais rápido, a vantagem é que agora já há estas forças de socorro presentes no país, precisam de informações de acesso.

 

Pode-se encontra a cobertura dos trabalos do KLL (sigla do Living Labs) em diversos orgãos da imprensa internacional The NY TimesBBC,Nepali TimesMy Republica, e Setopati que atestam a validade deste laboratório.

 

O site explica que a ênfase deste laboratório está  “na vanguarda da web 2.0 e tecnologias que capacitam participativas e envolver os cidadãos no trabalho com os cidadãos de governo e desenvolvimento. Fazendo um esforço em trabalhar com o governo e no desenvolvimento”.NepalThe technology was effective in initial help of the first earthquake in Nepal, but the second earthquake two weeks seems to be more cruel, as if the first killed more than 8000 people, the earthquake this time was in regions distances near the town Namche Baazar, which is close to Mount Everest, one of the highest in the world.

What is claimed now is the lack of more comprehensive high-quality maps, especially in remote areas, which means it is necessary to coordinate a series of medical efforts, food and shelter, in more complicated remote areas.

One of the efforts is the Kathmandu Living Labs, that uses many volunteers to create digital maps of the country, signaling the roads, hospitals and other facilities to the aid get faster, the advantage is that now there are these rescue forces in the country, they need access to this information.

You can find coverage of trabalos the KLL (acronym of Living Labs) in various organs of the international press The NY TimesBBC,Nepali TimesMy Republica, and Setopati  attesting to the validity of laboratory

The site explains that the emphasis of this laboratory is “in is on cutting-edge Web 2.0 and participatory technologies que empower and engage citizens in working with government and development”.