RSS
 

Markham no Canadá: smart city

13 Fev

O desconhecimento dos benefícios que o uso inteligente e racional pode trazer para diversas cidades tornam muitas políticas publicas ineficientes e com gastos desnecessários, um problema grave é a infraestrutura para monitorar as cidades.
Em projeto de parceria a Bell Canadá e a IBM Canadá querem tornar a cidade de Markham, Ontário no Canadá, de aproximadamente 330 mil habitantes, um modelo de uso de redes para torná-la “cidade inteligente”, segundo o Financial Post.
O governo da cidade usará as redes de banda larga da Bell e a análise de dados da IBM, coletando dados de sensores colocados em toda a cidade para decidir investimentos em vários aspectos de infraestrutura: vazamentos em tubulações, regiões sujeitas a inundações (está próxima ao lago de Ontário), problemas que surgem em tempestades, uso eficaz de energia e rastreamento.
Os projetos não deixam de incluir melhorias sociais e aspectos ecológicos dos quais dependem também o bom uso de tecnologia e de energia, muitos ambientalistas desconhecem que os resultados de Medellin foram alcançados também com uso de conceitos de Cidades Inteligentes, sendo o primeiro case na América do Sul.
Ensaios e projetos semelhantes estão sendo conduzidos no Canadá e outras partes do mundo tendo em vista o que uma série de serviços em vários fornecedores podem estar a preparar serviços que melhores custos e evitem a interrupção de serviços.

 

Tags:

Comentários estão fechados.