RSS
 

Posts Tagged ‘tablet’

Os novos tablets Samsung

02 Abr

Uma nova linha de tablets foi anunciada nesta terça-feira e não é 1º. de Abril, os modelosS4 são  chamados Galaxy Tab4, e terão tamanhos de 7, 8 e 10.1 polegadas.

 

Os tamanhos são diferentes, mas as especificações são muito próximas, terão Wi-Fi e 4G, Android KitKat, câmeras traseira de 3MP e frontal de 1.3MP, memória RAM de 1.5, e usando um processador quad-core de .1.2 GHz, todos modelos terão memória de 16 G B e entrada para cartão micro SD.

 

Comparados aos anteriores serão mais finos e mais leves, e opções preto e branco.

 

Chegam ao mercado ainda no primeiro trimeste, mas não Brasil não informações sobre preços e datas de lançamento.

 

Apple pode mudar planos de Jobs

22 Out

Se Stevie Jobs estivesse vivo, os planos seriam outros, não gostava da ideia de um tablet com pouco mais de 7 polegadas e previa vida longa aos iPads, que agora pode ser descontinuado, o iPad 2 poderia ser tirado de linha.

Sim, esta é a análise de Rob Cihra do site Mashable, para quem a Apple pode tirar o iPad 2 de linha e prevê vender 7 mihões de unidades do iPad mini até o final do ano.

Tudo isto é aguardado para um evento que ocorrerá amanhã dia 23 de outubro, em São José na Califórnia, EUA.

Na visão de analistas, como Hayley Tsukuyama do Washington Post ele precisa ter três coisas para ser competitivo: preço baixo – o mais crítico pois o prestígio com os consumidores não significa que seus concorrentes não possam conquistar os consumidores, então não será que poderia haver um iPad $ 199 como Amazon e Google, em segundo lugar a usabilidade, a Apple nunca decepciona neste quesito, mas um dispositivo “na mão” pode significar mais que aplicativos, os botões e comandos laterais devem ser práticos, e, finalmente, a bateria, estes dispositivos geralmente competem com os e-readers e neste caso a Amazon e a Barnes and Noble entenderam esta necessidade e colocam a capacidade de manter sem carga o dispositivo por semanas.

Resta saber se Stevie Jobs ou sua equipe estavam certos, ou mais ainda se a tendência da Apple poderá ser aproximar-se mais dos concorrentes, nos formatos e funções dos seus gadgets.

 
 

iPhone 5 pode aparecer em setembro

28 Ago

Segundo o site especializado All Things Digital, em artigo do sábado, o novo mini-iPad vem mesmo em outubro e o iPhone 5 já aparecerá em setembro.

O site afirma que a estratégia é lançar antes o iPhone 5, porque o o mini-iPad será lançado em algum evento especial programado para outubro, e as especulações dizem que provavelmente a separação dos dois anúncios sendo ambos com o sistema iOS.

Alguns analistas deste mercado, como John Gruber o site Daring Fareball, haviam sugerido que não deviam estrear juntos, claro a própria a empresa dá um sinal claro que não é oportuno, assim o iPhone já está praticamente anunciado para setembro, talvez dia 12, e ainda há algumas brincadeiras com Gruber no site do MacMagazine: “Ah esse Gruber é um cara inteligente”.

Existem análises que mostram que estes pré-lançamentos tem estouros de venda, como foram os caros dos primeiros iPhones e iPads, portanto lançar juntos seria mal negócio.

 

Mini iPad já está sendo fabricado

22 Ago

De um tamanho que dizem que Stevie Job abominava, o novo iPad Mini contará com uma tela de 7,85 polegadas, com um display muito mais fino do que os vistos dos aparelhos concorrentes, seu preço ficaria em torno dos 299 dólares, ou seja, algo em torno de 600 reais no câmbio atual, mas claro precisamos contar sempre com os nossos impostos.

Segundo o site DigiTimes o produto deverá chegar às lojas de todo o mundo a partir do próximo mês de outubro, quer dizer já estaria em produção, e estaria sendo fabricado pela empresa Foxconn, há rumores que também a iTV também estaria na produção.

A origem dos rumores é a partir do analista de mercado da Jefferies, Peter Misek, que acredita não apenas que a companhia vai apresentar os novos produtos, que também estariam sendo fabricados.

Mas as primeiras fotos apareceram no site francês Nowhereelse, que revelou uma série de conectores ligados a algo que parece ser a estrutura interna do tablete, mas o que mais chama a atenção são os novos conectores para um mini dock (vai ter teclado!), conforme aparece na do post retirada do site francês.

 

Lançado primeiro filme só para tablet

21 Mai

Dirigido por Aaron Brookner e disponibilizado para o tablet iPAD, além do longa-metragem, tem fotos, trailer e cenas dos bastidores. “É uma mudança radical, que dá às pessoas acesso a conteúdos adicionais e a possibilidade de compartilhar o filme com os amigos em segundos”, disse Aaron ao site TechRadar.

Segundo o site imdb.com o filme “The Silver Goat”, foi feito em 11 dias com uma câmera Cannon 5D, pela produtora independente Pinball London , e conta a história sobre espaços de conforto, nepotismo e lutas pelo poder em torno de um capo artístico, onde Lydia Latão (Alexa Brown), atriz e filha de um famoso dramaturgo Sir Rowland Brass (Don McCorkindale) um manipulador que age nos bastidores, até que ela desenvolve um relacionamento com um dramaturgo ambicioso americano que está em Londres (Tom Colley). Depois que ela se casa com ele, ele a faz retornar ao palco e entra na luta psicológica entre o marido e o pai.

A ideia vai à contramão da indústria cinematográfica pois esta tem forçado as pessoas a comprarem um Blu-Ray ou DVD, com o Apple TV, estes equipamentos poderão tornarem-se obsoletos.

Claro por enquanto é um filme e uma produtora independente para toda a “indústria” mudar de ideia, vai tempo, mas o tempo tem andado acelerado.

 

Primeiras avaliações do novo iPad

20 Mar

O sistema operacional sem muita novidade é a mesma versão do iPad 2, não é visível nenhuma melhora na performance, nos aplicativos uma melhoria no iPhoto, é mais fácil e leve abrir ferramentas de edição.

As imagens estão melhores e com menos “granulação” que as versões anteriores do iPad, mas a tela é muito superior e agradável, o que confirmou uma previsão anterior.

Ele é um milímetro mais grosso que o anterior, mas por conta da bateria que é mais durável e mais robusta, .

Haviam rumores estranhos, como o fim do botão Home, aquele que volta para a página inicial, não faria o menor sentido, conforme afirmou Eric Zeman, na InformationWeek, isto não faz sentido, porque é uma funcionalidade importante em qualquer tablete.

O site InformationWeek entrevistou 402 profissionais de tecnologia no mês de março sobre o novo iPad da Apple, e entre eles só 13% dos entrevistados disseram não estarem interessados no novo tablet da Apple, mas 61% consideradam-no como algo sólido para satisfazer suas expectativas. Os gerentes de TI são familiarizados com dispositivos de computação, 22% dos entrevistados consideram que os usuários finais serpoderão estar também familiarizados com o novo iPad quando tiverem um.

Quando ao processador as fotos da placa mãe revelavam que o processador seria o processador A5X, o que foi confirmado, especulações sobre o A6, mesmo a fabricante Taiwan Semiconducter Manufacturing Company (TSMC) tendo anunciado o início da produção do processador, talvez apareça uma segunda versão com eles processor.

Agora só nos resta aguardar a venda no Brasil desde novo objeto do desejo para os aficionados da tecnologia.

 

Novo iPad chega às lojas

16 Mar

A partir das 8 horas locais, de hoje, em países da Europa e Ásia, como: Austrália, Canadá, França, Alemanha, Hong Kong, Japão, Singapura, Suíça, Reino Unido, e logo mais nos Estados Unidos, Porto Rico e Ilhas Virgens, as pessoas já poderão adquirir o novo tablet da empresa de Cupertino (local da fábrica da Apple).

Na sexta-feira que vem, dia 23, segundo a Apple estarão disponíveis para venda também nos países: Áustria, Bélgica, Bulgária, República Tcheca, Dinamarca, Finlândia, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Macau, México e Nova Zelândia. Não há previsão para o Brasil.

O novo iPad tem como características uma tela de mais alta resolução e mais confortável, por isto chamada de “retina”, com um processador quadri-band, que proporcionará downloads de até 21mb/s); câmera de 5 megapixels; gravações de vídeo em HD (1080p); conexão 4G, conhecida como LTE; 9.4mm de espessura; 635g peso; bateria com duração de 10h e o iOS 5.1.

Ele conta com o recurso de ativação por voz chamado “Tap to Speak”, parecido com o Siri, que reconhece a língua inglesa, francesa, alemã e também japonesa.

Vários aplicativos estão atualizados com algumas novidades, como o iMovie, Garage Band, iPhoto, e outros agora têm uma resolução melhor, como os apps de jogos, que, de acordo com o CEO da Apple, Tim Cook, têm resolução mais poderosa que um XBox360 ou um PS3.

O preço sugerido de loja gira em torno de U$ 500 (quase mil reais).

 

Empresa chinesa quer barrar iPads

16 Fev

As empresas que querem para ter seus direitos defendidos, as vezes justos, noutras vezes elas próprias tem pés de barro, pois usaram outrops direitos e serviços de terceiros, de pesquisadores, de anônimos além dos próprios para obter o produto.
Agora a empresa chinesa Proview Technology (Shenzhen) está movendo as aduanas chinesas para impedir os embarques de iPads da Apple para dentro e para fora da China, e mesmo que ainda não tenham este pedido, o advogado Xie Xianghui à Asian Legal Business, disse em uma publicação da Thomson Reuters que iniciou a batalha legal.

O impasse legal entre a Apple e a Shenzhen sobre o iPad é devido aos direitos desta marca, mas a gigante da maçã alega que os direitos foram comprados “há anos”, conforme informou um porta-voz do tablet mais vendido no mundo: “Compramos os direitos em 10 países diferentes”.

Este é dos desafios legais que as multinacionais estrangeiras que operam na China vão enfrentar, onde já houve caso semelhante no ano passado, quando a Apple perdeu uma ação para esta empresa num tribunal no sul da China, e teve que aceitar que a Proview já tinha antes a marca iPad. Mas a Apple recorreu da decisão a sentença final sairá em 29 de fevereiro, sendo a última no processo legal chinês.

A batalha apenas começou a nosso ver, é difícil defender direitos com quem não os cumpre, e mais difícil num mundo de compartilhamento e colaboração, onde os direitos deveriam ser mais flexíveis e contemplarem um mundo mais solidário.

É preciso um direito que contemple o compartilhamento e a colaboração.

 

Estudante chinês faz iPad caseiro

29 Nov

Wei Xinlong é um estudante universitário da Universidade Northeast Normal em Changchun, Nordeste da província Jilin da China, e fez uma prova de amor realmente inédita para a namorada, Sun Shasha, construiu um iPad a partir do zero.

Segundo notícia do jornal CriEnglish.com (versão em inglês), ele gastou cerca de 500 yuanes no laptop (78,6 dólares), comprando dispositivos de segunda mão para iniciar o projeto.

Ele sabia que ela gostaria de ter um iPad e ele não tinha o dinheiro para realizar o desejo dela, então começou a construção a partir do zero.

O peso e a espessura do gadget são semelhantes a um iPad e Wei levou 10 dias e 800 yuan finais (cerca de 125 dólares), e afirmou segundo o jornal que o tablet: “Pode-se ler, baixar, assistir filmes, jogar jogos por apenas tocando na tela”.

Explicando como construiu ele disse: “A placa principal, placa de vídeo, CPU e tela eram todos do laptop antigo, mas eu comprei o touch screen e a bateria on-line”.

A namorada Sun ficou muito feliz e afirmou: “Este é o melhor presente que eu já tive, e vou mantê-lo sempre”, disse ao periodico online chinês.

Lembro que a onda de computadores pessoais começou assim, com Stevie Jobs, Bill Gates jovens e outros que cairam no esquecimento, quem sabe uma nova onda de “faça você mesmo em casa”, os gigantes dos tablets talvez não gostem.

 

Quando o design altera o produto

07 Set

Nem desempenho, nem universalidade, nem software gratuito tem garantido o sucesso dos tablets da Apple, o sucesso para muitos analistas está no design.

O reconhecimento de Jonathan Ive, ou apenas Jony, que alguns designs podem ser visto dos British Council Design Museum, chegou no MoMa, o Museu de Arte Moderna de Nova York, onde a curadora Paola Antonielli, da divisão de arquitetura e design do museu, contou ao site Huffignton Post que desconhece alguém que seja tão admirado e tão amado em termos universais declarou ela:

“Os produtos hoje precisam ter um design melhor para as pessoas comprarem foi o que Jony Ive, Steve Jobs e a Apple fizeram”, acrescentando “De repente as pessoas ficaram acostumadas com a elegância e a beleza, e não tem volta”, comentando o renomado estilo dos produtos da Apple.

Jonathan Ive cresceu em Londres, na Inglaterra e estudou na escola politécnica de Newscastle, um pouco antes de se formar criou uma empresa de design chamada Tangerine. Foi através dela que a Apple conheceu o trabalho de Ive e o contratou quando, Jobs  ainda estava afastado da companhia e foi Robert Brummer, então designer sênior da Apple, quem chamou Ive para a empresa.

Em 1997, com a volta de Jobs ao comando da Apple, Ive rapidamente se tornou o “guru do design” de Jobs e foram eles construindo uma parceria que fez da história.

Quando em 1999, foi lançado iMac, Ive falou em outra entrevista feita ao Huffington Post sobre o formato inovador do design da máquina, disse na época: “Nós sabíamos que tínhamos um computador inovador quando o visualizamos, e com o apoio de Jobs nós fomos capazes de fazer isso acontecer”.

Naquela altura a maioria dos laptops eram quadrados e em grande parte preto, bege ou cinza, o iMac em cinco cores: morango, uva, tangerina, limão e, vendeu 150 mil deles no primeiro fim de semana após seu lançamento, e 800.000 iMacs até o final do ano.

O iMac mudou a forma como os consumidores pensam os computadores pessoais e sobre a própria Apple e inaugurou uma nova era de produtos eletrônicos de consumo tornando-os peculiares, divertidos e coloridos.

Vivemos uma época do feio, a falta de concepçao estética, do escuro e das cores cinzentas, o belo faz a diferença.