RSS
 

Arquivo para janeiro, 2011

Papa elogia as novas mídias

26 Jan

Durante a comemoração do 45 º Dia Mundial das Comunicações Sociais, o Santo Padre destacou o desenvolvimento da comunicação como algo positivo, e ele exortou os cristãos “a aderir à rede de relações que a era digital tornou possível.”, para ele “as mudanças radicais que ocorrem nas comunicações estão guiando significativa evolução cultural e social”, embora alguns editores cristãos continuem a fazer suas ressalvas das novas mídias.

O documento publicado no site do Vaticano, e intitulado: ” Verdade, anúncio e autenticidade de vida, na era digital”  parece indicar  não apenas que està mudando a maneira como nos comunicamos, mas ainda poderia ser dito que estamos vivendo um período de transformação cultural vasta, e o papa que é também um pensador sério indica este momento. 

Disse isto e acrescentou. “Esse meio de divulgação de informação e conhecimento vai dar luz à uma nova forma de aprender e pensar, com oportunidades sem precedentes para estabelecer relacionamentos e companheirismo.” E o contorno destes esses novos horizontes foram  é “inimaginável “.

Elas nao apenas “agitam nossa admiração”, afirmou, mas também, “exigem urgentemente uma reflexão séria sobre a importância da comunicação na era digital”.

Tal como acontece com “todos os outros frutos da engenhosidade humana”, Bento XVI afirmou que “as novas tecnologias de comunicação devem ser postas ao serviço do bem integral da pessoa humana e de toda a humanidade”.

 

HTML5, novo logo e novas tecnologias

24 Jan

Resultado da convergência de tecnologia,  política e marketing, o  World Wide Web Consortium lançou nestes dias um novo logotipo para HTML5.

A ideia do W3C e promover as novas tecnologias da Web associadas a o próprio HTML5. Como a Web está crescendo muito além das possibilidades de hospedagem dos sites estáticos, inumeras novas aplicações incluem tanto o entretenimento e como aplicativos online.

O W3C espera que o o uso do logotipo em camisetas e adesivos cresça e já foram colocados à venda, esperando um interesse crescente na Web remodelada, segundo  Ian Jacobs, portavoz do W3C isto podera: “Além de trabalhar na especificação, conjuntos de testes e materiais úteis para os desenvolvedores, buscamos aumentar a consciência sobre a tecnologia W3C e promover a adoção de padrões W3C.”

Usar o “HTML5” apenas para representar tecnologias (incluindo CSS, SVG, WOFF e outros) está muito aquém do que a própria norma  propõe e com o que alguns programadores, que vêem  sua utilidade em termos mais precisos, por exemplo Bruce Lawson, um programador do navegador Opera e co-autor de um livro sobre HTML5, propôs para estas novas tecnologias a sigla NEWT – novas e excitantes tecnologias da Web, ele afirma: “Basicamente o  logotipo HTML5 e uma coisa boa. Mas estou decepcionado ao ver o CSS 3 confundi-la ” com as próprias novas tecnologias, Lawson fez um tweet apontando para o seu vídeo no YouTube com alguns comentários  divertidos sobre o assunto.

Jeremy Keith, um dos sócios da empresa britânica de web design Clearleft, tem sido até agora um dos maiores  criticos  na campanha anti-logo. Keith afirmou: “O que devo fazer quando eu quiser dar uma descrição em um seminário ou uma palestra, ou sobre um livro que diga o que é realmente o HTML5? Se eu acabei de dizer “É sobre HTML5,” nao será tão significativo como dizer: “É sobre a Web 2.0”, ou “É sobre aproveitar as sinergias de paradigmas perturbadores da transmídia.”, para ele O termo HTML5, com o apoio do W3C, foram empurrados para o esgoto linguístico da ‘buzzwordlandia’.

 

Twitter usado para burlar a lei seca

18 Jan

O Twitter esta sendo usado para informações sobre o trânsito no Rio de Janeiro, mas também para informar onde ocorrem blitz da Lei Seca, que proíbe dirigir alcoolizado, informações podem ser obtidas se cadastrando em Lei Seca on Twitter no RJ, em Fortaleza e em São Paulo.

Os agentes da polícia também mudaram a tática, agora fazem blitz relâmpagos de no máximo 15 minutos, tempo no qual a rede social dos bebuns leva para se informar e a blitz fica sem efeito. Caráter a parte, isto mostra a popularidade do microblog e a eficiência dele como meio de informação.  

Segundo o perfil dos usuários do microblog do RJ, o numero de seguidores e amigos cresceu de 4 mil usuários desde o inicio do mês de janeiro, sendo apontados no perfil estes números :

Amigos 158.484  
Seguidores 144.249  

São apontados no perfil dos usuários mais de 62 mil tweets no mês.

Tudo começou em 2009, quando uma pessoa colocou no microblog um perfil no Twitter, o @leisecarj com o objetivo de entregar onde seriam os locais que estariam ocorrendo Blitz naquele dia. A desculpa do criador é para fugir dos engarrafamentos causadso pelas Blitz e que isto feriria o direito de ir e vir.  Logo encontrou adeptos e isto foi crescendo chegando aos mais se 60 mil, twittar pode, beber pode, mas o que não se pode é dirigir bêbado.

 

Meu querido diário digital

13 Jan

Gordon Bell é um renomado pesquisador de computação, trabalhou anos na Digital Equipment e agora trabalha em pesquisa para a Microsoft, de acordo com a revista New Scientist deste mês ele elaborou uma metodologia para captar digitalmente por uma camera e um dispositivo de posicionamento global (um GPS ou algo parecido) o paradeiro de uma pessoa ao mesmo tempo que todos os telefonemas, reuniões, conversas, e-mails e páginas vistas da Web são armazenadas também coleta, arquivamento e busca de experiências pessoais diárias que serão registradas pela câmera ou outros dispositivos para apoiar um diário digitaL imaginado pelo cientista da Microsoft.

Além disso, quaisquer documentos em papel que a pessoa seriam digitalizados para o diário, e o usuário poderia perfeitamente capaz de recordar a sua localização, suas atividades, e seus companheiros, ou o que eles estariam lendo ou simplesmente olhando com a ajuda de um banco de dados de pesquisa.

Segundo Gordon Bell  isto “para ter tudo na memória ou aquilo que você não se lembra mais”.

Ele vislumbra um software que permitirá que as pessoas através de memórias digitais descobrirao padrões e idéias que nunca seriam realizadas sem estaassistência.

Na mesma linha são iniciativas pessoais de informática onde há um número crescente de pessoas estão ajudando o seu desenvolvimento e querem se associar. Em geral eles estão compartilhando técnicas para monitorar, coletar e filtrar os dados em sessões chamadas auto-Qualificadas (Self Qualifyied).

As comunidades online também foram criados para reunir os resultados de coletas de dados pessoais para descobrir padrões maiores de comportamento e colaboração.

Gordon Bell e Jim Gemmel  escreveram no ano de 2009 o livro “O futuro da memória humana”, prefaciado por Bill Gates, o livro reúne previsões referentes às possibilidades que os avanços da tecnologia proporcionarão a você em um futuro próximo, e indica alguns caminhos para tirar o máximo de proveito de tudo o que a tecnologia pode oferecer para facilitar a sua vida no momento presente.

 

Desafios do governo, entre eles Inclusão Digital

03 Jan

Dilma prometeu levar banda larga a 75% do país até 2014, por meio de ação iniciada no  Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) esperamos que o lobista Ze Dirceu permita e não encareça os preços com negociatas. A principal medida do PNBL é a reativação da estatal Telebrás, que aproveita as redes de fibra ótica da União e as vende para conexão barata aos provedores das operadoras. Esperamos que a promessa que as empresas ofereçam conexão de até 512 Kbps por até R$ 35 seja cumprida.

Segundo o Comitê para a Democratização da Informática (CDI), não basta proporcionar apenas acesso, mas também capacitação, conforme explica: “É preciso dar treinamento para que a população utilize a web de forma qualitativa, para também produzir e gerar conhecimento”, conforme o site dO CDI.

Desafio deveria incluir, avalia Baggio, o fortalecimento das lan houses como espaços sociais de educação e troca de experiências, e não apenas de compra e venda de acesso. A estimativa do CDI é que existam 110 mil desses centros no país, mas a visão moral da Web e da internet ainda prejudica tornar estes pontos Centros de Inclusão.

Baggio pensa em incentivos fiscais para formalização das lan houses e a derrubada de leis que prejudicam o negócio, como uma norma aprovada em Natal (RN) que proibia a instalação dos centros a menos de 500 metros de escolas, afirma ele que “É preciso trazer as lan houses para a legalidade. Como um empreendimento ilegal pode captar recursos?”,  como afirma também Alexandre Barbosa, gerente do Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br).

Outros desafios do governo por ordem de prioridade segundo muitos brasileiros.

Em segurança primeiro item de preocupação dos brasileiros, a presidenta prometeu o modelo das UPPs do governo Sérgio Cabral (PMDB-RJ), mas esta metodologia de ação policial serve só para áreas de risco, o programa emprega hoje cerca de 2.000 policiais em 12 unidades, instaladas em áreas até então dominadas pelo tráfico de drogas.  Já no aspecto de salários prometeu continuar o Pronasci, programa criado em 2007,  que promete articular segurança e ações sociais. Concentra gastos no pagamento da Bolsa-Formação, um auxílio de R$ 443 para policiais civis e militares, bombeiros, peritos e agentes penitenciários que ganham até R$ 1.700.

Outro ponto importante de sua campanha foi a Saúde como resposta à superlotação das emergências dos grandes hospitais, prometeu construir 500 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e 8.694 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) pelo país, ao custo de R$ 8,1 bilhões.

Combate a corrupção e reforma política sempre estão na pauta, mas há interesses nisto ?

Mas o maior desafio será controlar a inflação e manter a estabilidade de preços promessas do dia da tomada da posse, vamos ver.  Promessas todos fazem.