RSS
 

Arquivo para fevereiro, 2011

O Oscar 2011, as novas tecnologias e ganhadores

28 Fev

Os efeitos visuais continuarão sendo uma categoria a parte para a Academia de Cinema Americana, o  sucesso de Avatar de James Cameron melhor filme do ano passado foi um acaso, os filmes expectativas deste ano “As Redes Sociais” e a  “A origem”, este apesar de inteligente e impressionante, e ainda que use tecnologia, levou para casa apenas as estatuetas técnicas, os outros indicados para efeitos eram “Alice no País das Maravilhas”, “Harry Potter e as Relíquias da Morte” e “Homem de Ferro 2”.  Mas a influência tecnológica é crescente.

Filme de Christopher Nolan  A Origem (Inception no original, que o define melhor) , levou ainda Melhor Mixagem de Som, Melhor Edição de Som e Melhor Fotografia, e ter sido nomeado Melhor Realizador, muitos fãs da sétima arte consideram este um equivoco.

As Redes Sociais, filme que narra uma história sobre as redes na Web, ganhou 3 estatuetas:  melhor roteiro adaptado escrito por Aaron Sorkin que se baseou no livro Bilionários por Acaso, melhor trilha sonora original feita pelos músicos Trent Reznor e Atticus Ross e melhor roteiro, na prática foram marginais uma vez que o filme foi indicado a 8 estatuetas, sendo sobre  a  trajetória do Facebook e de seu fundador Mark Zuckerberg (que disse haver muita ficção no filme).

O grande vencedor foi “O Discurso do Rei” confirmou o favoritismo para o Oscar 2011, nesta noite de domingo (27/2), no Kodak Theatre, de Hollywood, em Los Angeles. Esta produção britânica sobre o rei George VI ganhou as estatuetas de Melhor filme, Diretor (Tom Hooper), Ator e Roteiro original, empatando com quatro de  “A Origem”, mas este apenas nas categorias técnicas e claro menores.

As atrizes Natalie Portman de  Cisne Negro foi escolhida como Melhor Atriz e  Melissa Leo – como melhor Atriz Coadjuvante, Alice no Pais das Maravilhas levou Melhor Direção de Arte e Melhor Figuro, Toy Story III tambem duas : Melhor canção original  (We Belong Together de ), e melhor longa de desenho animado.

De certa forma foi uma surpresa, pois David Fincher, diretor de  “A Rede Social” era considerado favorito, mas Hooper diretor dO Discurso do Rei, havia conquistado o prêmio do Sindicato dos Diretores um termômetro para o Oscar.

O Brasil representado por uma co-produção com a Grã-Bretanha com o documentário “Lixo Extraordinário”, outra vez  não levou o Oscar, o trabalho do artista plástico Vik Muniz sobre o aterro sanitário do Jardim Gramacho foi derrotado por “Trabalho Interno”, que desvenda os bastidores e causas da crise econômica mundial atual.

A cerimônia deste ano em sua a 83ª edição do Oscar foi uma das mais monótonas dos últimos anos, pela previsibilidade dos prêmios principais, apesar dos escalados por conta da jovialidade, os apresentadores Anne Hathaway e James Franco foram médios, com algumas piadas lidas e que soavam exatamente isto, nem mesmo o ator de “127 Horas” que apareceu travestido de Marylin Monroe deu graça a celebração deste ano.

A proposta deste ano era contar a história do Oscar e do cinema não se concretizou muito bem, ficando um esboço de inovações e brincadeiras sem sentido como a que transforma “A rede Social” em um musical, como em outros tempos de Hollywood.

 

Agora a Líbia e as novas mídias

25 Fev

Não é por acaso que estas insurreições ocorrem justamente em países com governos autoritários e corruptos, o que numa análise profunda pode-se facilmente identificar como situações interdependentes porque em situações de diálogo as injustiças são corrigidas e os fatos apurados.

O uso das mídias foi importante tanto na recente revolução popular egípcia como na da Líbia em curso, esta mais sangrenta e já se falam em 2 mil mortes (vídeo do OneDayOnEarth), revelam o gosto dos ditadores pelas mídias verticais (radios e TVs) onde podem expressar o culto à sua pessoa e ao seu discurso, é por isto que os celulares e a internet, onde a multidão pode se expressar e se mobilizar, tem permitido apresentar outra visão dos fatos.

Imaginam-se sempre oniscientes e sábios, consideram a massa ignara e fácil de ser manipulada, bastando falsificar dados e distorcer discursos, não raramente são bons oradores, mas as novas mídias criaram uma nova relação de expressão: a horizontalidade. Tanto no Egito, Tunísia e Líbia, o uso de celulares e de internet foi essencial para as mobilizações e impediu a manipulação dos fatos.

Kadhafi, ditador da Líbia a mais de 40 anos, é um legítimo representante patético deste tipo de personalidade, ele diz que o povo esta fazendo tudo isto manipulado por lideres islâmicos que drogam seus seguidores, tem uma fortuna de mais de 70 milhões de euros, 20 oficialmente declaradas no Reino Unido, segundo o britânico The Telegraph.

Em 1959 a Líbia tornou-se independente da Itália, mas sua  história recente da começou em 1969, quando um grupo de oficiais radicais islâmicos derrubou a monarquia praticamente sem derramamento de sangue, criando um governo  governado pelo conselho da Revolução (órgão governamental do novo regime)  que foi presidido pelo  então coronel Muammar al Kadhafi, com  apenas 27 anos de idade, foi decretada a nacionalização das empresas, dos bancos e dos recursos petrolíferos do país. A exploração das riquezas do petróleo deu meios ao governo líbio da época melhorar as condições de vida da população do país, ainda que a custo de alianças empresariais sombrias e de privilégios para a família do líder nacional, em 1988 um avião explodiu na Escócia matando os 270 passageiros em suposto ato líbio, o que iniciou um período de tensão com os Estados Unidos e com o Reino Unido, após guerras perdidas com o país vizinho Chade, em 1994 os líbios se retiraram da Faixa de Aozu , e seguiram num processo de crescente isolamento internacional, amenizado com alguns acordos.

Depois das críticas internacionais a sua resposta violenta aos protestos e as renúncias de vários embaixadores do país, o líder de 68 anos de idade fez um discurso desconexo.  Em seu discurso disse que os clérigos colocavam drogas no chá dos seus seguidores e alegou que sua casa tinha sido bombardeada por “superpotências” e disse: “ratos tinham sido pagos para desfigurar seu governo”.

Apesar de deserções em seu exército e a perda de controle  em diversas cidades, Kadhafi está partindo para um genocídio em massa, contratando mercenários e aumentando os salários de seus oficiais, iniciando uma guerra civil onde com certeza milhares perderão a vida, um número grande de refugiados já começa deixar o país.

 

Redução de perda na conversão AC para DC

24 Fev

Quatro anos depois de seu início a Transphorm, uma empresa sediada emTorres de Linhas de Tansmissao Goleta na California, agora é capaz de resolver um problema tão antigo quanto a rede de distribuição de eletricidade: a energia perdida na conversão entre AC e DC, segundo o blog da Forbes.

A empresa divulgou seus planos de produto, e disse que levantou investimentos de  20 milhões dólares em empresas (não do governo como seria aquí) lideradas pelo Google Ventures. Kleiner, Perkins, Caufield & Byers, a Foundation Capital, e Lux Capital. Ela contará com mais US $ 38 milhões de financiamento de risco que recebeu de uma concessão do Departamento de Energia ARPA-para testes.

A Transphorm projetou eletrônicos que realiza de forma mais eficiente a conversão entre a corrente alternada, a maneira que a energia é transportada nos cabos, e a corrente usada em muitos equipamentos, como computadores ou equipamentos elétricos que usam energia DC.

Numa conferência para imprensa nestes dias, conforme a CnetNews, Umesh Mishra  um dos co-fundadores da Transphorm, afirmou aos executivos da companhia e aos investidores, que  enquanto 10 por cento de toda a energia usada em os EUA é perdida nesta conversão de energia, isto seria mais do que suficiente para abastecer várias cidades. Essa ineficiência, que é medido em centenas de horas em terawatt em os EUA, equivale a um “imposto oculto” sob a forma de energia desperdiçada que o contribuinte paga.

O executivo da Transphorm explicou que os dispositivos tem base no nitreto de Gálio (GaN), muito usado em lâmpadas de LED e a potencia usada na conversão é menor que as usadas em dispositivos de silício, tipicos em equipamentos digitais.

Existem alternativas a simples construção de usinas, é preciso ter responsabilidade ecológica e capacidade de inovar.

 

Twitter suspende seu aplicativo UberMedia

21 Fev

Segundo notícia na CNN, o Twitter fez uma mudança no aplicativo UberMedia porque seus clientes violaram suas políticas, segundo a porta-voz Carolyn Penner:.  “Essas violações incluem  uma questão de privacidade com a iniciativa privada onde o Direct Messages foi usado com mais de 140 caracteres, uso  não limitado, o que foi uma violação de marca, alterando o conteúdo dos tweets dos usuários, a fim de ganhar dinheiro”, mas não revelou quantas pessoas usaram isto nos seus aplicativos móveis,.

O Twitter admitiu que a suspensão é “susceptível de afetar um maior número de usuários”, pois Twitter em si tem cerca de 200 milhões de usuários registrados e um volume diário de tweets na ordem de 110 milhões de mensagens.

O Twitter suspendeu na sexta-feira os aplicativos UberTwitter, UberCurrent e ainda aplicações Twidroyd na ultima sexta-feira.

Segundo esta fonte, Bill Gross gerente da UberMedia, disse na sexta-feira que “As mudanças que nos pediram para fazer eram muito pequenas”, e tiveram e ” nós completamos as alterações e novas aplicações estão atualmente sendo enviadas às suas respectivas lojas.”

Segundo Gross uma solicitação do Twitter é a modificação foi altera o  nome UberTwitter. O que “nós decidimos, com base em sua entrada, de mudar o nome do produto para UberSocial, que mudou hoje”, disse ele na ultima sexta-feira.

No entanto o Twitter, assegura aos seus usuários que os aplicativos voltariam a funcionar em breve e “Assim que o Twitter for reativado, você poderá usar de novo”, eles escreveram num post do Twitter.

Com a noticia veio a público os murmúrios sobre a tensão entre as duas empresas. UberMedia – uma joint venture que tem uma carteira com o Twitter de aplicativos add-ons, e que estaria em negociações para adquirir a TweetDeck, um dos clientes mais populares do Twitter.  

A UberMedia, então chamada de Tweetup, foi criada no ano passado pelo empresário Idealab Bill Gross. A meta da empresa é criar uma linha completa de aplicativos e serviços construídos sobre a plataforma do Twitter, e portanto diferente do que pensam os leigos isto movimenta muito dinheiro.

 

Mas e a holografia no espaço seria possível ?

16 Fev

Copa 2022 em 3D holograficoA ciência sempre contorna obstáculos que a natureza apresenta, claro seria melhor se respeitasse ela, não será diferente com a holografia, construir imagens no espaço as quais poderemos tocá-las poderá ser uma realidade em breve, uma das pesquisas avançadas na área é feita no Japão na Universidade de Tóquio e um dos criadores da tecnologia, deu uma entrevista à Reuters.

Até hoje, a holografia ainda funciona só para os olhos e “se você tentasse tocar, sua mão passaria através da imagem direto”, disse um dos autores do projeto o prof. Hiroyuki Shinoda, e acrescentou “mas agora temos uma tecnologia que também transmite a sensação de toque aos hologramas”.”

A idéia para o futuro é substituir objetos físicos que não tem necessidade de existência corporal, por exemplo, tomadas são apenas interruptores, controles remotos, maçanetas e mais uma infinita serie de dispositivos, instrumentos e sensores.

Shinoda afirmou que esta tecnologia pode ser usada para substituir ainda outros objetos físicos, que a tornaria econômica e ambientalmente correta.

Também foram os japoneses através de Jan Murai em artigo no site da TVB (Television Broadcasting) que propuseram a transmissão da Copa 2022 (em Doha, Qatar) em imagens 3D holográficas, Eles têm propostas para capturar todos os 360 graus de jogos da Copa utilizando-se a 200 câmeras HD, isso quer dizer, potencialmente, eu poderia ir para o meu estádio nacional (Wembley, Pacaembú ou Maracanã, por exemplo), sentar e ver o jogo que estaria ocorrendo em Dohai,  como se estivesse acontecendo bem na frente dos meus olhos – Com jogadores holográficos em movimento ao redor do campo, claro este deveria ser real e estático.

Além de compartilhar a ação holográfica em 3D, os planos também há na lista de intenções para capturar e distribuir o áudio de nível de campo, incluindo cada apito e cada chute, para isto deveria haver diversos equipamentos de som expalhados pelo campo.

 

O Egito e as novas mídias

15 Fev

As enormes multidões de manifestantes no Cairo e em Alexandria se comunicando por mensagens de texto, ou usando oO livro Ordinary Egyptians Twitter e o Facebook, e apesar desta nova mídia ser uma força motriz por trás da revolução, professor Fahmy afirma que é semelhante aos eventos de 1919, ou seja, a estruturação de um poder social ligado ao estado moderno diferente, para o professor Ziad Fahmy  da Universidade de Cornell escreveu o livro Ordinary Egyptians: Creating the Modern Nation Through Popular Culture que se concentra a análise na política egípcia. O livro de Ziad Fahmy sugere que o Egito moderno poderá construir uma nova identidade nacional, sem ignorar o seu passado, escreve:  “Em certo sentido, podemos dizer que foi uma revolução sem líderes e que só pode acontecer tendo esta mídia social.”

Os manifestantes egípcios usaram as mídias sociais e tecnologia para levar sua mensagem ao mundo. Assim como os egípcios destes dias, também as revoluções passadas utilizados foram usados  novos meios de comunicação disponíveis para espalhar a mensagem da revolução, lembremos dos enciclopedistas na Revolução Francesa. O professor Fahmy afirma que “em 1919 também haviam novos meios de comunicação da época, como por exemplo a partir de cerca de 1904 no Egito, os discos foram se tornando mais e mais populares. Então, as pessoas se aproveitam de qualquer mídia que tinha na época, para se conectar como eles estão fazendo agora. ”

Quando os britânicos exilaram Saad Zaghlul e seus correligionários em  Malta em 8 de Março de 1919, o país levantou-se na primeira revolta de sua história moderna, seguidas de outras até a independencia em 22 de fevereiro de 1922.

Um evento inicial destas revoltas foi a denuncia de dois jovens Mohammed Bouazzi e Khaled Said, este espancado até a morte na porta de um cibercafé, depois que tentou colocar no YouTube um vídeo sobre corrupção policial no Egito depois outro video dizia todos somos Khaled Said, enquanto o outro (Mohammed)  denunciava o roubo pela policia da verdura que ia vender como ambulante.

O impacto foi maior no exterior, pois  “Agora, a Internet está on-line e todas imagens que os egípcios comuns eram capazes de gravar em suas câmeras de celular eram sendo por meio do Youtube.”

Em última análise, os problemas foram causados no Egito para os manifestantes a se revoltarem, mas o Facebook eo Twitter permitiu que isto acontecesse mais rápido, por exemplo, o salário médio dos é de 60 dólares por mês, imagine tentar sobreviver com 60 dólares por mês. ” afirmou o professor.

 

Criada a telepresença holográfica

09 Fev

A palma da mão da princesa Leia pedindo ajuda por uma tela projetada em 3D (do filme Star War) não é mais coisa de ficção científica, pesquisadores fizeram isto através da Web em uma demonstração conhecida como telepresença 3-D.

Pesquisadores do Arizona criaram o primeiro holograma em 3-D que conecta quase em tempo real, e foi publicado na revista , conhecida por telepresença, onde um holograma em 3-D mostra uma cena de outro local.

A chave para a invenção é um novo tipo de plástico que pode atualizar o holograma a cada dois segundos de uma vez, embora limitado ao olho humano que exige 30 quadros por segundo, sendo a mais rápida conhecida até agora. Portanto por enquanto isso é muito lento para ver uma “World Series” em 3-D, os pesquisadores estimaram a TV holográfica poderia estar chegando dentro de 7 a 10 anos.

Segundo o físico Nasser Peyghambarian da Universidade do Arizona em Tucson: “É muito, muito próximo da realidade”, segundo ele . “Algo que era ficção científica é algo que podemos fazer hoje.”

Os hologramas são criados quando a luz refletida de uma face de um material com texturas apenas nos lugares certos, projetam uma imagem a certa distância da superfície, como imagens cartões de crédito e outros materiais que estão aparecendo cada vez mais em algumas ilustrações de cartões, livros ou cartazes. A imagem é ainda mais nítida quando as ondas de luz que ilumina a imagem, pisca no mesmo passo toda a imagem, como eles fazem com a projeção de laser.

O vídeo holográfico é já possível, embora ainda penosamente lento, há muitos registros em 3-D dos EUA território militar inimigo, mas cada frame piscando de vídeo pode demorar até um dia inteiro. A equipe do Arizona já havia criado uma maneira mais rápida de jogar o vídeo holográfico em 2008, mas com esse método cada quadro ainda levava quatro minutos para serem gerados. Agora, após dois anos de otimizar o material do plástico, eles reduziram o tempo para apenas dois segundos e se isto puder ser multiplicado por 10 parecia real.

O esquema de filmagem são dezesseis câmeras fotos síncronas de ângulos diferentes (snap fotos)  de um objeto da cena  capturada por um PC desktop, que processa os dados. Em seguida, o computador processa os os pixels holográficos (“hogels”)  e envia a outro computador, que . transforma-os em sinais óticos e por um laser projeta em uma tela num plástico, semelhante a um projetor que reproduz a cena. Diferente do Star War, não há projeção no ar.

Quando esta luz atinge a tela de plástico sofre reações químicas que gravam temporariamente o conjunto mais recente de imagens no fluxo de dados.

Conforme diz o pesquisador Peyghambarian:sobre a futura TV holográfica ” eu não penso que haja qualquer física fundamental que nos impede de chegar lá”, embora outros pesquisas assumam diferentes abordagens para a criação de hologramas em movimento.

 

Cientistas advertem: problemas na Amazônia

07 Fev

Apesar de notícias que o  governo que estaria controlando o desmatamento da Amazônia ela é desmentida por pesquisas de  cientistas do Reino Unido e do Brasil em um estudo publicado na quinta-feira passada na revista Science, onde  analisando as secas ocorridas no sudoeste da região  no período entre 2005 e em 2010.

As fotos ao lado mostram o avanço das secas e do desmatamento entre 2005 e 2010 publicadas na Science.

Segundo estas pesquisas sérias e criteriosas, a seca de 2010 poderá  ter um  impacto maior do que a de 2005, na qual foram liberadas à atmosfera 5 bilhões de toneladas de dióxido de carbono por causa dos desmatamentos, mortes em decorrência e ainda da putrefação das árvores em 2009, claro não é culpa só do Brasil, os Estados Unidos emite 5,4 bilhões de toneladas de CO2 na queima de combustíveis fósseis.

A pesquisa foi feita pelas universidades britânicas de Leeds e Sheffield e do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) do Brasil mediram a queda da chuva sobre os 5,3 milhões de km² da Amazônia durante a estação da seca de 2010 e comprovaram que a seca nesse ano foi inclusive mais longa e severa que em 2005.

O dr. Simon Lewis, um dos autores da pesquisa afirma: “O fato de ter dois eventos desta magnitude em um prazo tão pequeno é extremamente incomum, mas infelizmente concordo com os modelos climáticos que prevêem um futuro sombrio para a Amazônia”,  tendência atual, “as florestas tropicais da Amazônia podem deixar de ser um valioso armazém de carbono que desacelera a mudança climática”, advertiu Lewis.

Conforme noticia da Agencia FAPESP, também pesquisadores da Amazônia que participam  da pesquisa confirmam os dados, Paulo Brando e Daniel Nepstead, do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, analisaram dados climáticos, pluviométricos e de perda de vegetação e concluíram que haverá aquele evento até então “evento único no século”.

Também para os brasileiros , a Floresta Amazônica atua fortemente no desvio do  carbono da atmosfera entretanto o quadro atual pode atmosférico revertar esta característica.  Em período normais a floresta retira cerca de 1,5 bilhão de toneladas de CO2 da atmosfera.

O artigo The 2010 Amazon Drought (doi:10.1126/science.1200807), de Simon Lewis e outros, pode ser lido por assinantes da Science em www.sciencemag.org .

 

Atualidade das redes sociais e suas motivações

04 Fev

Algumas Redes SociaisAtravés de redes sociais, as pessoas podem criar e cultivar suas redes de amigos online ou membros do seu grupo, circulo de relacionamento pessoal ou profissional,  ou ainda simplesmente para manter contato com amigos, reencontrar velhos amigos sendo portanto muito real.

 A maioria dos sites de redes sociais também oferecem recursos adicionais de socialização do discurso, tais como chats, blogs e fóruns, os membros podem se expressar através de sua página de perfil para refletir a sua personalidade, suas opiniões e gostos. Diferentemente das mídias verticais que só um diz o que pensa e eventualmente comenta o pensamento de outra pessoa.

As características mais populares de gostos extras incluem seções de músicas, vídeos e algumas vezes links para outros sites. Os membros das redes partilham e lêem biografias de seus artistas favoritos de livros, revistas, da música a partir da página de perfil do artista, bem como disponibilizam suas músicas favoritas ou seus vídeos musicais.

Os vídeos podem incluir todo tipo de coisas, como clipes amadores, de TV ou trailers de filmes.

São três as principais informações nas redes: os perfis, onde expressam seus sentimentos e pensamentos, expõem suas fotos e mostram suas relações; os mecanismos de segurança onde organiza os seus critérios e privacidade de acordo com as relações, mecanismos de buscas e ligações com amigos na rede e recursos adicionais para musicas, vídeos, musicas etc.

Embora sejam populares redes sociais de relacionamentos, tais como MySpace, Facebook e Bebo (para partilhar vídeos e musicas), também são usadas profissionalmente outras redes sociais como a proprietária Ning e as open source tais como: SocialEngine, Igloo, Boonex e muitos outros.
O ranking podem das redes podem ser encontrados no TopTenReviews onde os critérios utilizados são também o de Redes Sociais ou seja a qualidade e a profundidade das relações sociais.

Segundo o blog Nielsenwire o Brasil é campeão no uso das redes sociais com 86% dos usuários da Web, seguido da Italia, Espanha, Japao, com os Estados Unidos apenas em 5º. Lugar e o Reino Unido em 6º.
O fenômeno das redes sociais online tornou-se extremamente popular com o Orkut no Brasil, MySpace e Facebook no resto do mundo mas, evoluiu para incluir mais do que um estereótipo do adolescente isolado e fechado  olhando para expandir sua rede de seus amigos online, esta visando preconceituosa tem tempo contado.

 

Nova onda de aplicativos móveis

02 Fev

Vários fenômenos novos de desenvolvimento de aplicativos que todos  interligados, marcarão  a próxima fase de desenvolvimento de software em aplicações para este ano.

Já há uma ênfase em clara aplicativos móveis. Os tablets, e em particular  o IPAD já estão prejudicando as vendas de netbooks e dispositivos móveis, com processadores multicore com mais poder e recursos, eles vão ser cada vez mais úteis em empresas e profissionais de TI.

Acrescente a isto um consumo “de tecnologia, que é uma maneira elegante de dizer que os trabalhadores usam seus dispositivos móveis pessoais no trabalho e na sua vida pessoal, e a demanda por aplicações móveis recebe um impulso”, e a análise de Leila Modarres, vice-presidente de marketing da DeviceAnywhere.

Segundo  a  visão dara ao site TechNews: “As grandes empresas já estão começando a empregar um número significativo de colaboradores móveis em casa”, e acrescentou “em 2011, a maioria das médias e grandes empresas irão trabalhar na implantação das aplicativos para sua força de trabalho, e em muitos casos, eles virão desenvolvê-los partindo do zero”, assim muito aplicativo destinado a determinados produtos de mercado estarão na rede.

Isto vai acelerar o conceito de Plataforma como serviço (PaaS) (Platform as a Service, PaaS).

Este conceito associado ao Cloud Computing vai prover toda uma  gama nova de desenvolvimentos isto pode parecer que estamos voltando ao período inicial da computação, mas agora de forma organizada e escalar
Uma quantidade crescente de atividade voltada a estes appdev será realizada on-line, e as empresas procuram reduzirem custos, o que vai impulsionar ainda mais este  conceito de PaaS.

Isto significa que desenvolvíamos programas para um sistema operacional com um processador específico antes da rede , depois passamos a desenvolver para uma plataforma que abstraía o processador e o sistema operacional o que possibilitou o uso da rede, foi  o caso de Java e .NET; agora vamos desenvolver para um PaaS que pode ser da Google App Engine, Azure MS ou Amazon S3, para dispositivos como Android, iPad, etc, mas só o tempo dirá se isto serão um serviço tão comum como o de eletricidade ou telefonia.